fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

Com arte e conhecimento, Acre celebra a vida e o legado de Santos Dumont

Publicado

em

Em comemoração aos 150 anos de Santos Dumont, o governo do Acre, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), nesta quinta-feira, 6, promoveu entretenimento e conhecimento para a população acreana, com uma programação educativa para melhor celebrar a vida e os feitos do pai da aviação.

Nesta quinta-feira, a população foi agraciada pela homenagem áerea que cruzou os céus de Rio Branco, com a apresentação do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), a Esquadrilha da Fumaça. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Nascido em 1873, em Minas Gerais, Dumont tornou-se uma das pessoas mais famosas durante o século XX, por seus trabalhos voltados à aviação, como a criação do 14-bis. Essas e demais informações foram acessíveis ao público que povoou o complexo histórico do Calçadão da Gameleira.

Na Galeria de Arte Juvenal Antunes foi montada uma exposição retratando momentos marcantes da história do Acre integrados à aviação.

Fundada em 2006, a Galeria de Arte Juvenal Antunes é um espaço referência das artes visuais acreanas, o qual busca reunir obras de diversos segmentos. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Também foram expostas fotos das atuais aeronaves do Estado, como o Cockpit Bombardier 601, o helicóptero Esquilo AS350 e o Seneca III PP-FFZ, as quais representam essenciais ações do governo, como o resgate de pessoas ou o transporte de saúde e políticas públicas para comunidades afastadas dos grandes centros.

A estudante Isabele Gomes trata o conhecimento com importância: “Acho que todos deveriam aprender um pouco mais da nossa história do Acre, lugar onde moramos, e da vida de Santos Dumont, um herói nacional que realizou coisas grandiosas”.

Nascida em Belém, no Pará, a jovem conta que sempre teve curiosidade sobre aviação e, pela segunda vez, apreciou o espetáculo da Esquadrilha da Fumaça. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Já no Cine Teatro Recreio, o público pôde prestigiar uma performance artística da Companhia Garatuja de Artes Cênicas, a qual, por meio de declamação e atuação, contou a trajetória de vida e grandes atos de Alberto Santos Dumont. Logo após, foi exibido um curta-metragem documentário, com maior aprofundamento sobre as proezas do cientista.

A história da aviação acreana também foi abordada pelos artistas, os quais também tomaram um momento para prestar homenagem ao dramaturgo José Celso, que faleceu na manhã desta quinta-feira. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Cauby Mesquita, guia turístico da FEM, exalta a ocasião: “Com muita alegria, recebemos a população em nosso espaço, fazendo com que se sinta bem e tenha um momento de lazer, ao mesmo tempo em que aprecia a nossa cultura”.

A população também contou com apresentações dos DJs Lauro Félix e Black. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Comentários

Cotidiano

Enock Kennedy vai disputar Seletiva da Seleção em São Paulo

Publicado

em

Foto PHD: Enock quer disputar o Campeonato Mundial em 2025

O acreano Enock Kennedy, número 1 do Brasil na categoria até 85 quilos, vai disputar nos dias 23 e 24 deste mês em Campinas, São Paulo, a Seletiva da Seleção Brasileira de Kung Fu.

“O Enock vai para uma competição muito importante. A seleção vai participar de três competições internacionais nesta temporada e vencer a Seletiva significa continuar na seleção”, disse o treinador Adgeferson Diniz.

Recuperado de lesão 

Enock Kennedy sofreu com uma lesão no ombro na última temporada.

“Estou completamente recuperado e muito focado no meu objetivo. Quero chegar no meu melhor nível para a Seletiva”, declarou o atleta.

Apoio do Estado

Adgeferson Diniz esteve reunido com o secretário de Esportes, Ney Amorim, e recebeu a garantia de apoio para a disputa da Seletiva em São Paulo.

“O Estado vai bancar as passagens do Enock. Isso é muito importante para o nosso esporte”, afirmou o técnico.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

“Meu erro foi ter construído o Florestão”, diz Antônio Aquino

Publicado

em

Foto Jhon Silva: Florestão já recebeu 8 partidas neste início de temporada

O Florestão é o único estádio no Acre em condições de receber partidas oficiais neste início de temporada. A Federação de Futebol do Estado do Acre (FFAC) investiu em torno de R$ 8 milhões reais na praça esportiva finalizada em 2014.

“O meu erro foi construir o Florestão. Nenhuma federação do Brasil é dona de estádio e nós pagamos um preço elevado por isso. Recebemos várias críticas por causa do gramado, mas como teríamos boas condições com essa quantidade de chuva ?. Outro detalhe, se não tivéssemos o Florestão onde as partidas estariam sendo disputadas?.”, declarou Antônio Aquino.

Paralisar o campeonato

Segundo Antônio Aquino, paralisar o campeonato significa aumentar os custos para os clubes e isso será muito prejudicial.

“Os clubes trabalham no limite financeiro. Uma paralisação de duas semanas, por exemplo, por significar um mês ou dois a mais de salários. Essa é uma conta pesada e quem defende essa ideia não paga as despesas”, explicou o presidente.

Estádio sem laudos 

Arena da Floresta, Arena do Juruá, em Cruzeiro do Sul, Marreirão, em, Sena Madureira, Ferreirão, em Plácido de Castro, e Nabor Júnior, em Senador Guiomard, poderiam receber partidas do Estadual, mas não têm os laudos necessários.

“O Florestão recebeu 270 partidas na temporada de 2023 em todas as categorias. Poderíamos ter alguns jogos fora do Florestão, mas os estádios precisam ter os laudos”, afirmou o dirigente.

Arena da Floresta

O governo do Estado por meio da coordenadoria de Esportes confirmou mais seis meses de obra para poder entregar a Arena da Floresta completamente reformada. O prazo inicial era março e agora a projeção é para agosto.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

MP espanhol vai recorrer da condenação de Dani Alves por estupro para endurecê-la, dizem fontes legais

Publicado

em

Daniel Alves foi condenado a quatro anos e meio de prisão | Foto: ALBERTO ESTÉVEZ / POOL / AFP

Ministério Público vai tentar aumentar a pena recebida pelo brasileiro

O Ministério Público espanhol vai recorrer da condenação por estupro imposta por um tribunal de Barcelona ao jogador de futebol brasileiro Daniel Alves, de quatro anos e meio de prisão, para tentar endurecê-la, indicou nesta sexta-feira (1º) uma fonte jurídica.

O MP vai tentar aumentar a pena recebida por Alves. O brasileiro foi considerado culpado pelo tribunal de ter estuprado uma mulher no banheiro de uma boate em Barcelona, no final de 2022.

Os magistrados também determinaram cinco anos adicionais de liberdade condicional, uma ordem de restrição para que ele não se aproxime da vítima por nove anos e meio e o pagamento de uma indenização de 150 mil euros (pouco mais de R$ 800 mil reais).

Comentários

Continue lendo






Em alta