Paciente é um idoso de 83 anos, segundo Secretaria Municipal de Saúde. Estado diz que está examinando amostras do paciente.

Um homem de 83 anos morreu em Porto Velho na quarta-feira com problemas respiratórios e pressão alta e a Prefeitura determinou a realização de exames para confirmação ou não de caso de Coronavírus na cidade, Ele foi atendido na Upa da Zona Leste e acabou morrendo. As coletas já foram realizadas e os resultados saem na quinta-feira (26).
g1.com

Um idoso de 83 anos morreu, na quarta-feira (25), com suspeita do novo coronavírus em Porto Velho.

A informação foi divulgada na manhã desta quinta-feira (26) pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). Esta é a primeira morte de paciente que tem suspeita para Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) informou que as amostras de todos os pacientes com suspeita da Covid-19 estão no Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia (Lacen/RO) para análise.

Segundo a prefeitura de Porto Velho, o idoso com suspeita de coronavírus morreu na quarta-feira, após dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA Leste) com síndrome aguda respiratória e hipertensão arterial sistêmica.

NOTA PÚBLICA

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), comunica que foi registrada às 6h50, desta quarta-feira 25 de março de 2020, o óbito de um homem de 83 anos, suspeito do novo Coronavírus (COVID-19) em Porto Velho.

O paciente faleceu após dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento – UPA Leste em decorrência de síndrome aguda respiratória e hipertensão arterial sistêmica.
O resultado do exame que confirmará se a causa da morte foi em decorrência do COVID-19 ficará pronto nesta quinta-feira, 26.

O paciente foi atendido, mas acabou não resistindo. Ainda conforme a Semusa, o resultado do exame que confirmará se a causa da morte foi decorrente da Covid-19 ficará pronto nesta quinta-feira.

Ainda segundo a Sesau, o Lacen tem todo o cuidado antes de divulgar casos positivos e que primeiro realiza o exame, seguido de uma contraprova. O resultado do exame do paciente de 83 anos será divulgado assim que concluído, informou a secretaria.

Veja as últimas notícias sobre o coronavírus em Rondônia

Até esta quinta-feira (26), o estado tem cinco casos confirmados de coronavírus, sendo quatro em Porto Velho e um em Ji-Paraná. Os pacientes estão se recuperando em domicílio e são acompanhados pela equipe médica.

Veja a lista de hospitais que tiveram alteração para visitantes (RO):

Porto Velho

Pronto Socorro João Paulo II (JPII): um visitante por paciente

  • PS II e ALA I: 13h às 14h (segunda-feira, quarta-feira e sábado)
  • ALA II: 14h às 14h30 (segunda-feira, quarta-feira e domingo)
  • A III: 13:30 às 14 horas (terça-feira, quinta-feira e sábado)
  • Sala de emergência: 9h às 9h30 – Neurocirurgia (01 visitante) e bolem médico
  • Sala de emergência: 15h às 15h30 – Clínica médica (01 visitante) e bolem médico
  • UTI: 16h às 17h – todos os dias (1 visitante)
  • Troca de acompanhante: 7h30 às 8h30. Fica proibida a liberação de acompanhante idoso, menores de idade e fora do horário. As visitas religiosas estão suspensas.Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro (HBAP)
  • Alas de psiquiatria, enfermarias, centro obstétrico e maternidade: visitas suspensas por 15 dias.
  • UTI adulto: permitido uma pessoa durante o horário de visita à tarde.
  • UTI Neo: visita das 9 às 12h para mães e pais (aos pais, só até receber o boletim médico).
  • Berçário: das 8h às 10h para mães e pais (aos pais, só até receber o boletim).
  • Banco de leite: 14 às 18 horas para a retirada. Às mães que amamentam até 18h.
  • Projeto Canguru: sem alterações.
  • Centro Obstétrico e Maternidade: Visitas suspensas.
  • Presença de acompanhantes restrita a pacientes em trabalho de parto, e nas primeiras 48h de puerpério ou menores de 18 anos. Nesses casos, serão permitidas trocas de acompanhantes nos seguintes horários: das 8h às 9h / das 20h às 20h30. Não será permitida a entrada de acadêmicos.
  • Alas da Enfermaria e Maternidade: será proibida a visita por 15 dias, podendo prorrogar esse prazo.Hospital Infantil Cosme e Damião (HICD): um visitante para cada criança
  • Diariamente entre 16h e 17h
  • Troca de acompanhantes: entre 18h às 20Policlínica Oswaldo Cruz em Porto Velho
  • Restringirá os atendimentos ambulatoriais (exames e consultas) pelo Sistema de Regulação (Sisreg), mantendo apenas grupos prioritários (gestantes, idosos, pós-operatórios, transplantados e outros, a critério clínico). Suspensos os atendimentos eletivos que não se encaixam nos grupos prioritários, evitando aglomerações de pessoas que aguardam atendimentos.Farmácia Especializada do Estado de Rondônia (alto custo):
  • Rotina de atendimento mantida, das 7h às 13h.Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron)
  • Visitas serão permitidas apenas uma vez ao dia, para um familiar e/ou acompanhante.
  • Clínicas masculinas I e II: 16h às 16h30 (segunda-feira, quarta-feira e sábado).
  • Clínica feminina: 15h às 15h30 (terça-feira, quinta-feira e domingo).
  • Isolamento: 15h às 15h30 (terça-feira, quinta-feira e domingo).
  • UTI: 17h às 17h30, de domingo à domingo.
  • Pronto-atendimento: 14h às 14h30, de domingo à domingo.
  • Interior – Hospital Regional de São Francisco do Guaporé (HRSG): 01 visitante por paciente, 13h às 14h, com permanência de no máximo 30 minutos. Esse visitante não poderá ser criança, idoso ou imunossuprimido (grupos de maior risco).
    – Complexo Regional de Cacoal (HRC / HEURO): Visitas nas UTI’s às 14 horas, permitido apenas um familiar ou responsável para receber o boletim médico. Sala vermelha: às 16 horas, sem visita ao leito, um responsável para receber boletim médico verbal. Clínica médica: 15h às 15h20, válido também para paciente que não tiver acompanhante. Enfermarias: apenas um visitante por paciente, durante 15 minutos. HRC, UTIPED e CLÍNICA PEDIÁTRICA: sem visita, haja visto que possui acompanhante em tempo integral. UTI 2: às 14h. UTI 1: às 15h, um responsável para receber boletim médico verbal.
    – Hospital Regional de Extrema (HRE): foram suspensas as visitas. Nos atendimento de urgência e emergência, todos os servidores utilizando máscaras e também para pacientes gripados, avisos na recepção, instalação de mais dispensadores de álcool gel, inclusive na área externa da recepção.
    – Hospital Regional de Buritis (HRB); A partir de terça-feira (17) fica estabelecido um período de visita, de 15h às 15h30h, com acesso a um visitante orientado pelo serviço social. Visitas religiosas restritas ao pastor ou padre em caso específico.

Com informações da Secom

Comentários