Luiz Carlos Alves conseguiu adiamento de seu julgamento para o início de Abril - Foto: Alexandre Lima
Luiz Carlos Alves conseguiu adiamento de seu julgamento para o início de Abril – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Uma manobra por parte do advogado de defesa do acusado de arquitetar e matar  jovem Cristiane e depois queimar seu corpo, Luiz Carlos Alves, conseguiu anular seu julgamento junto com Jonathan, seu cumplice no assassinato ocorrido em julho de 2011.

A dia do seu julgamento ficou marcado para o inicio de abril próximo. O seu advogado alegou motivos de doença e impetrou o pedido na noite que antecedeu o julgamento no Fórum da Comarca, presidido pelo Juiz de Direito, Dr. Luiz Gustavo Cirena.

Jonathan será julgado pelo júri composto por sete jurados e seu caso poderá ter o desfecho ainda nesta quinta-feira, dia 20. As 16 testemunhas não serão ouvidas e possivelmente serão dispensadas.

Mais informações a qualquer momento.

Comentários