fbpx
Conecte-se conosco

Extra

Gladson Cameli vai à Assis Brasil acompanhar crise migratória na fronteira

Publicado

em

Mesmo debaixo de chuva, governador Gladson Cameli esteve neste domingo, 21, em Assis Brasil, acompanhando a crise migratória na fronteira Brasil-Peru Foto: Diego Gurgel/Secom

Ouça sonora do prefeito de Assis Brasil:

O governador do Acre, Gladson Cameli, acompanhou neste domingo, 21, a crise migratória em Assis Brasil, na fronteira com o Peru. Sensível com a situação vivenciada por centenas de imigrantes, a maioria formada por haitianos que tentam adentrar no país vizinho, o gestor reforçou que o Estado continuará prestando toda assistência humanitária aos estrangeiros.

Gladson dialogou com um grupo de imigrantes que está acampado há vários dias na Ponte da Integração. O governador escutou as principais demandas e colocou-se, mais uma vez, à disposição para ajudar na intermediação de uma solução definitiva ao conflito.

“Esses pessoas são seres humanos e merecem ser tratadas com total dignidade e respeito. O governo tem procurado fazer a sua parte na questão do auxílio humanitário e também estamos buscando ajudar a resolver essa questão por meio da diplomacia entres os governos do Brasil e do Peru. O meu maior desejo é que esses imigrantes tenham a chance de lutar por uma vida melhor”, pontuou.

Governador abraça criança haitiana e afirma que é sensível a causa do imigrantes Foto: Diego Gurgel/Secom

Cameli ofereceu ainda o fretamento de ônibus para transportar os estrangeiros que desejarem permanecer no Brasil. Além disso, o governo acreano cedeu prédios públicos à prefeitura do município para a instalação de abrigos, tem custeado parte da alimentação, levado atendimentos de saúde e assegurado segurança aos imigrantes.

O prefeito de Assis Brasil, Jerry Correia, esteve ao lado do governador e do secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cezar Rocha dos Santos, durante a visita. O gestor aproveitou a oportunidade para relatar o clima de tensão vivenciado nos últimos dias e também agradeceu o apoio dado pelo Estado ao município localizado na tríplice fronteira.

Sempre aberto ao diálogo, Cameli ouviu principais demandas dos estrangeiros retidos em Assis Brasil Foto: Diego Gurgel/Secom

“No último dia 14 de fevereiro, tivemos um conflito aqui na ponte e, desde então, temos recebido todo o apoio por parte do governo do Estado e o próprio governador Gladson Cameli tem mantido contato conosco. Nessa visita de hoje, ele anunciou medidas que vão diminuir esse número de pessoas, sobretudo aos que estão na ponte”, destacou o prefeito.

Desde o início do mês, imigrantes estão chegando em grande número ao Acre com o objetivo de deixar o Brasil, por meio da fronteira com o Peru. Porém, desde o início da pandemia do novo coronavírus, a travessia na Ponte da Integração está proibida.

Com a fronteira Brasil-Peru fechada há quase uma ano, parte dos imigrantes está acampada na Ponte da Integração Foto: Diego Gurgel/Secom

Mesmo não sendo competência constitucional do Estado, o Grupo Especial de Fronteira (Gefron) está presente no local por tempo indeterminado, cooperando com a mediação do conflito migratório em apoio à Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

“Estamos fazendo a segurança não só na ponte, mas em todo o perímetro urbano de Assis Brasil e áreas rurais da região, coibindo as práticas de crimes transfronteiriços”, relatou o comandante do Gefron, coronel Antônio Teles.

Sem previsão de reabertura da fronteira, o haitiano Miguel Moendestin cogita retornar para Santa Catarina com a família Foto: Diego Gurgel/Secom

O haitiano Miguel Moendestin está há quase um mês aguardando atravessar a fronteira juntamente com a esposa e a filha de três anos de idade. Sem expectativa de resolução para o impasse, o estrangeiro cogita retornar ao Sul do país.

“Como não tenho trabalho, estou ficando sem dinheiro para manter minha família. Não posso ficar nessa situação e a única solução será retornar para Santa Catarina”, declarou.

Comentários

Continue lendo

Extra

PREFEITURA MUNICIPAL DE BRASILÉIA – AVISO INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO DIRETA

Publicado

em

ESTADO DO ACRE

PREFEITURA MUNICIPAL DE BRASILÉIA

AVISO INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO DIRETA

Torna-se público que o Município Brasiléia/AC, por meio da Secretaria Municipal de Obras, realizará Dispensa de Licitação, do tipo “menor preço”, com critério de julgamento “global”, em conformidade com o art. 75, inciso VIII, nos termos da Lei Federal nº 14.133, de 1º de abril de 2021, Decreto Municipal nº 088/2023 e exigências estabelecidas neste Aviso, conforme os critérios e procedimentos a seguir definidos, objetivando obter a melhor proposta, para a prestação de serviços de restabelecimento de bueiros, recuperação de pavimentação em via pública e restabelecimento de encosta, atendendo as necessidades da Prefeitura Municipal de Brasiléia/AC, conforme Projeto Básico e Planilhas Orçamentárias.

DATA LIMITE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA: 29/04/2024

HORÁRIO: 10:00 HORAS

LOCAL: Prefeitura Municipal de Brasiléia/AC

E-MAIL PARA PARTICIPAÇÃO E ENVIO DE PROPOSTAS:  [email protected]

Comentários

Continue lendo

Extra

Brasileiro morre afogado dentro de poço no presídio de Villa Busch em Cobija

Publicado

em

Um brasileiro identificado como Edinardo Feitosa Ramos, de 29 anos, que estava cumprindo pena no presídio de Villa Busch, localizado no interior do município de Cobija, foi encontrado morto por afogamento nesta terça-feira, dia 23.

Segundo foi informado, o brasileiro estaria cumprindo pena por homicídio no presídio pandino e nesta terça-feira, teria tentado retirar um anel de dentro de um poço existente dentro do presídio.

Edinardo estava na companhia de outros detendo quando desceu e mergulhou. Foi quando demorou para retornar e os colegas ficaram preocupados. Com a demora, resolveram ir atrás do brasileiro realizando mergulhos até o localizar já sem vida.

O corpo de Edinardo foi levado para o necrotério do hospital universitário Roberto Galindo, onde pesaria por necrópsia. Também foi divulgado que nenhuma marca foi encontrada pelo corpo do brasileiro, descartando agressões inicialmente.

O acontecimento foi registrado por volta das 14 horas – horário acreano, e somente no início da noite o corpo levado ao necrotério. A primeira hipótese leva a crer que teria sido uma fatalidade após o mergulho.

Os familiares que estiveram no hospital esperam que seja dada uma resposta o mais rápido possível. Não foi informado se o corpo do brasileiro será transladado para o lado brasileiro e ser sepultado pelos parentes.

VEJA VÍDEOS REPORTAGENS LOCAIS ABAIXO:

Comentários

Continue lendo

Extra

Amazon Cred e Banco da Amazônia inauguram unidade de Microfinanças do programa Amazônia Florescer em Brasiléia

Publicado

em

O superintendente do Banco da Amazonia (BASA), Edson Ferreira de Souza, esteve na manhã desta terça-feira, 23, participando do lançamento do escritório da Amazon Cred, e do programa Amazônia Florescer Urbano do Banco da Amazônia em Brasiléia.

“O programa irá oferecer linha de microcrédito voltada para pequenos empreendedores populares informais do campo ou da cidade, com taxas atrativas com até dois anos para pagar e limite de crédito de até R$ 21 mil reais”, conforme explicou a diretora da Amazon Cred, Graça Moura. Durante a solenidade foi assinado um cheque de R$ 3 milhões para o investimento inicial nos municípios da regional do Alto Acre.

O Superintendente do Banco da Amazônia, Edson Souza, esteve pessoalmente na solenidade, que contou com a presença de funcionários e convidados, falou da inauguração do escritório em Brasiléia; “A finalidade do projeto é fomentar o empreendedor ainda não formalizado como o feirante, costureira, peixeiro, até mesmo da confeiteira que ainda não tem a formalização feita, como o MEI ou ME ainda como pequeno empresário, mas, já desenvolve a atividade. Daí vem a Amazon Cred para fomentar, constituir e capacitar para o acesso ao crédito e trazer para o sistema bancário, esse cliente que ainda não tem crédito e assim possa crescer dentro de sua atividade”, destacou.

Para a Diretora da Amazon Cred, Graça Moura; “A Associação de Apoio de Economia Popular da Amazônia tem uma parceria com o Banco da Amazônia a 16 anos, sendo especialista em microcréditos produtivo e orientado, sendo responsáveis pela operacionalização junto com o programa ‘Amazônia Florescer’, que é um programa de microcrédito do Banco. (…) Essa unidade que está sendo inaugurada aqui em Brasiléia, é uma unidade urbana que vai estar atendendo microempreendedores”, destacou.

Para que o microempreendedor possa ter acesso ao microcrédito, deverá estar atuando como MEI a pelo menos seis meses com um grupo solidário, composto ao mínimo de três integrantes que não estejam com seus nomes inadimplentes, e assim, ter acesso ao crédito.

Para o gerente do Banco da Amazônia em Brasiléia, Solimar Gomes Ferreira, destaque que a Amazon Cred terá com intuito, de atender a população de forma em geral para que tenham acesso ao microcrédito, onde visa desenvolvimento dos micros e pequenos empreendedores no meio urbano, “esse será um passo importante para continuarmos desenvolvendo a região e aplicando, às vezes, onde o banco não consegue chegar. A empresa vai conseguir chegar nesse estágio e estaremos também, atendendo as regiões de Epitaciolândia, Assis Brasil e Xapuri”, destacou.

Apoio: Marcus José e Jonys DAvid

Veja vídeo reportagem.

 

Amazonia Florescer

Uma linha de microcrédito do Banco Amazônia 

Quem é microempreendedor informal sabe que pode contar com a parceria do Banco da Amazônia.

Amazonia Florescer fica localizada na Avenida Manoel Marinho Monte, 642 – Bairro Três Botequins – Brasileia/Acre.

A linha de microcrédito voltado para pequenos empreendedores populares informais do campo e da cidade.

Uma linha feita para esse público, com taxas atrativas, até dois anos para pagar e limite de crédito de até R$ 21 mil reais.

Vá até uma agência do Banco da Amazônia e saiba mais sobre o Amazônia Florescer!

Para atender o disposto na nova Lei 13.636, as operações de crédito do Amazônia Florescer são realizadas 100% de forma digital em parceria com a instituição que opera o microcrédito para o Banco da Amazônia.

O MPO Digital Amazônia Florescer é constituído de 4 aplicativos:

– App Administrativo da Parceira do Banco da Amazônia que opera o microcrédito

– App Assessor de Microfinanças

– App do Cliente do Banco da Amazônia

– App Administrativo do Banco da Amazônia

O MPO Digital Amazônia Florescer permite ao Assessor de Microfinanças enviar propostas de crédito diretamente do local do empreendimento do cliente para análise e aprovação de crédito no Banco da Amazônia, com ganho de tempo e reduzindo custos para o cliente.

Estiveram presentes o gerente do Banco da Amazônia de Brasileia, Solimar Gonsalves Pereira, o gerente executivo de micros e pequenos negócios, Esmar Prado, representantes de associações, sindicatos e empreendedores.

Descubra o programa que oferece o empurrãozinho extra de você precisa para o seu negócio a outro patamar

Com o Amazônia Florescer Urbano, você tem acesso a recursos financeiros, com as melhores taxas e prazos, para ter sucesso e crescer com o seu negócio.

Além de dar mais autonomia e liberdade para o pequeno empreendedor, o programa também incentiva o desenvolvimento econômico da região amazônica, fomentando novos negócios e atuando diretamente na geração de emprego e de renda.

Comentários

Continue lendo