Redação Noticia da Hora

As cores e modelos do fardamento escolar que será dado de graça pelo governo do Acre aos alunos da rede pública estadual de ensino continuam rendendo debates nas redes sociais.

O repórter cinematográfico Moisés Santos se posicionou sobre o assunto em sua conta no Facebook por meio de um vídeo. Ele disse que os estudantes que reclamam são “nutellas” e estão com “mimimi”.

Moisés Santos, que faz questão de dizer que não é ocupante de cargo em comissão do governo de Cameli, lembrou que na época em que ele estudava, as pessoas iam para escola para aprender alguma coisa, não para ser “modelo”.

“Na minha época a gente ia para escola era para estudar, não era para ser modelo, não. O pessoal que está reclamando muito aí, vai estudar em colégio particular Os pais de família que recebem um salário mínimo, pagam luz e muitas das vezes aluguel, esses aí não estão reclamando, não, porque são os que mais precisam.

Assista ao vídeo:

Comentários