Mais um homicídio com características de execução foi registrado na capital. O detento monitorado por tornozeleira eletrônica, que estava foragido, por quebrar o benefício, Thalisson Jordan Silva Fortes, de 19 anos, foi assassinado com seis tiros na noite desta quarta-feira (29). O corpo do jovem foi encontrado na manhã desta quinta-feira (30) por populares numa área de mata ao lado de um bueiro localizado na rua Melancia, no bairro Mocinha Magalhães, em Rio Branco.

De acordo com informações de populares, Thalisson estava caminhando em via pública, quando membros de uma facção, em um veículo se aproximaram da vitima e efetuaram oito tiros, seis dos projeteis atingiram o jovem, nas costas e pernas, que mesmo ferido ainda conseguiu correr e caiu ao lado de um bueiro. Após a ação os criminosos fugiram do local.

A Polícia Militar foi acionada e isolou a área para os trabalhos do Perito em criminalística. O corpo de Thalisson foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

O caso segue sob investigação dos Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A polícia acredita que a motivação do crime foi a guerra entre facções.

Comentários