Por G1 AC

Dois homens foram presos em flagrante pelo pelotão ambiental da Polícia Militar,  por crimes ambientais em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre.

Um deles foi flagrado transportando três metros cúbicos de madeira ilegal. Segundo a polícia, na semana passada o mesmo homem tinha sido preso pela mesma prática. Ele e a madeira apreendida foram levados para a delegacia da cidade.

No mesmo dia, a polícia visualizou dois grandes incêndios florestais durante patrulhamento na BR-364. Ao chegar no primeiro, a cerca de 20 quilômetros da comunidade Santa Luzia, encontrou seis hectares desmatados e pegando fogo. O pelotão não conseguiu localizar o autor do crime.

Após o incêndio ser controlado no primeiro local, os policiais foram até o segundo ponto, que é um ramal recém aberto, e encontrou 10 hectares de desmatamento em chamas e 25 metros cúbicos de madeira irregular já cortados em toras, estacas, tábuas e peças.

Um homem que estava no local se identificou como caseiro da propriedade e disse que tinha feito o desmate e queima a mando do dono da área.

O dono não foi localizado e o suspeito foi preso em flagrante pelos crimes de desmatamento, incêndio florestal, extração ilegal de madeira e descumprimento do decreto presidencial, que proíbe queimadas por 120 dias em todo território Nacional.

Comentários