O missionário Ilano Bispo, pastor de uma Igreja em Pucallpa, região de Ucayali, no Peru, relata que foi obrigado a caminhar por duas horas entre as montanhas dos Andes para ultrapassar o bloqueio da rodovia interoceânica. A estrada está fechada na divisa de Madre de Dios e Puno, especificamente na ponte Inambari, por produtores de folhas de coca que protestam pela morte de dois agricultores assassinados em confronto com a polícia peruana, conforme noticiou nesta sexta-feira o Notícias da Hora.

De acordo com informações do jornal peruano El Comercio, o governo do Peru pretende instalar uma base da polícia peruana na localidade, fato contestado pelos agricultores que produzem coca. Nesta Sexta-feira Santa o clima esquentou na região.

Natural da Bahia e com experiência em missões em países como a Indonésia, Moçambique, Venezuela, Timor-Leste e o Peru, o missionário Ilano Bispo saiu do Acre nesta semana com destino à igreja que ele pastoreia em Pucallpa.

Fotos divulgadas pelo missionário mostram a rodovia interditada com galhos de árvores e os manifestantes com cartazes. Há imensas filas de veículos no trecho em que ocorre o protesto.

Comentários