As forças de segurança pedem que, caso o condenado seja visto, a população ligue para o 190

O líder da facção Comando Vermelho Paulo Roberto Amorim da Silva, conhecido como Paulinho Calafate, cortou a tornozeleira na tarde desta segunda-feira (7).

O rompimento da tornozeleira ocorreu às 13h, com última localização marcada pelo equipamento foi na Via Chico Mendes, próximo à rotária da Corrente, no bairro Santa Inês, em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, o criminoso responde por associação criminosa e tráfico de drogas, e apouco tempo ganhou liberdade provisória por meio da tornozeleira eletrônica.

Paulinho Calafate nesse momento é considerado foragido da justiça. As forças de segurança pedem que, caso o condenado seja visto, a população ligue para o 190 e denuncie anonimamente à Polícia Militar.

Comentários