Crimes ocorreram na zona rural de Rodrigues Alves no dia 31 de março

Um homem está sendo procurado pela polícia suspeito de estuprar sua ex-mulher, sequestrar o filho de 12 de anos, portador de deficiência mental, e incendiar a casa dela. os crimes teriam ocorrido no dia 31 de março e a causa seria por ele não aceitar o fim da relação. Eles estavam separados há cerca de um ano.

Quando estavam juntos eles viviam em Cruzeiro do Sul, e com a separação, a mulher teve que se mudar para uma comunidade na zona rural de Rodrigues alves para se livrar das ameaças e perseguições do ex.

Na noite do dia 31, o homem cometeu o estupro, na casa onde a vítima morava com os filhos, em seguida, saiu levando o filho de 12 anos. Após o crime, a mulher, junto com as outras crianças, foi dormir na casa dos pais. Por volta das 5h das manhã, avistaram a casa em chamas.

Comentários