Conecte-se conosco

Geral

Educação organiza protocolo para retorno às aulas presenciais, mesmo sem data prevista

Publicado

em

“Tudo precisa estar pronto”. É com essa afirmação que o secretário de Educação, Cultura e Esportes, Mauro Sérgio Cruz, tem iniciado todas as reuniões para tratar das ações de planejamento para a retomada das aulas presenciais na rede pública estadual de ensino no Acre, ainda que sem data prevista.

Assim, o grupo de trabalho formado por representantes da Secretaria de Educação, Ministério Público, União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime/AC), Conselho Estadual de Educação (CEE) e Conselho de Diretores das Escolas Públicas do Acre (Codep) iniciou esta semana uma série de encontros para analisar e debater a proposta de Plano de Retomada das Aulas Presenciais elaborada pela equipe da secretaria.

“Nós só retornaremos quando for seguro para todos, mas enquanto isso temos que deixar tudo pronto” – Mauro Sérgio Cruz, secretário de Educação Foto: Cedida

Mais uma vez, Mauro Cruz destacou as ações de ensino remoto ou não presencial que estão sendo reforçadas e melhoradas: “Parceria com o Google Sala de Aula, formação para os professores e internet para alunos e professores são algumas iniciativas que estamos viabilizando e acrescentaremos ao trabalho que está sendo realizado”, disse.

Para o presidente do Codep, Vanderlei Rocha, as reuniões são também uma oportunidade para discutir melhor o ensino remoto e a carga horária a ser considerada. “As escolas têm se esforçado muito para garantir a qualidade no ensino e acompanhar o desenvolvimento da aprendizagem dos alunos, mas a questão da carga horária a ser cumprida é sempre uma preocupação. E é também uma dúvida dos professores, que chegam até nós pedindo informações. Então, precisamos estar orientados”, relata.

A rede estadual tem trabalhado até o momento com a contagem de 25% da carga horária total anual, sendo contabilizada de forma remota. Esse índice foi assegurado pelo CEE por meio do parecer n.º 17/2020 de 31 de julho de 2020 e agora entrará novamente em análise para ser ampliado.

Formação do Grupo de Trabalho foi definido pelo Fórum Estadual de Educação Foto: Cedida

Segundo a diretora de Ensino da SEE, Denise dos Santos, o programa Escola em Casa, que leva aos estudantes os conteúdos de todas as etapas de ensino por meio de videoaulas, audioaulas e da plataforma Educ (www.educ.ac.gov.br) deverá permanecer.

“Um aditivo ao contrato com a emissora de televisão que está transmitindo as aulas até dezembro já foi autorizado e nós estamos também com várias ações de formação para os nossos professores, não só para o uso das tecnologias mas também voltadas à saúde física, emocional e ao autocuidado, por meio de parcerias com instituições de renome nacional e também elaboradas pelos técnicos da secretaria”, ressaltou Denise Santos.

As equipes da SEE seguem também com o levantamento em relação à adaptação da estrutura física das escolas para a instalação de lavatórios e totens para álcool em gel, além dos processos para a aquisição de máscaras, tapetes sanitizantes e termômetros, entre outros itens recomendados pelos órgãos de saúde.

Comentários

Geral

Investigadores da polícia Civil recuperam caminhonete oriunda de fraude financeira

Publicado

em

Na manhã desta sexta-feira, 27, investigadores da Delegacia Interestadual da Polícia Civil do Acre (Polinter), deram cumprimento ao mandado de ordem judicial de busca e apreensão, recuperando uma caminhonete, na zona rural de Rio Branco, em um ramal da Transacreana.

O veículo é objeto de um tipo de fraude comercial, conhecido como “FiNAM” (veículos que foram financiados perante bancos ou instituições financeiras, mas que as parcelas não foram ou não estão sendo pagas).

De acordo com o delegado Roberth Alencar, os suspeitos realizaram o financiamento em uma instituição bancária sem efetuar o pagamento de entrada, e ainda assim parcelaram a dívida em 48 meses. Apesar de não realizar o pagamento de nenhuma das parcelas, os criminosos mantiveram vantagem indevida, negociando o veículo com terceiros.

“O carro foi apreendido e permanece no depósito da Polícia Civil à disposição da justiça. Orientamos a população para que sempre realizem negociações de veículos transferindo a propriedade na forma da lei, para evitar prejuízos posteriores”, explicou Roberth Alencar.

Comentários

Continue lendo

Geral

O TEMPO E A TEMPERATURA: Pancadas de chuva no Acre e Rondônia neste sábado (28)

Publicado

em

A temperatura pode variar entre 15°C e 35°C

A previsão do tempo para este sábado (28) é de dia nublado com chuva e possibilidade de trovoadas isoladas em toda a região Norte, salvo as áreas do baixo Amazonas, centro amazonense, norte amapaense e o estado de Roraima, onde o céu fica com muitas nuvens, mas não chove.

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) publicou aviso para chuvas e tempestades. Instruções como evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada, não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda e não se proteger embaixo de árvores são recomendadas.

A temperatura mínima fica em torno de 15ºC, e a máxima pode chegar aos 35ºC, no Amazonas. A umidade relativa do ar varia entre 40% e 95%.

As informações são do INMET.

 

Comentários

Continue lendo

Geral

IMPOSTO DE RENDA: Receita paga mais de R$ 368 mil em restituições na próxima terça-feira (31)

Publicado

em

Supervisor nacional do Programa do Imposto de Renda na Receita Federal, José Carlos Fonseca, esclarece as principais dúvidas apresentadas pelos contribuintes a respeito da malha fina e da restituição dos valores retidos

A Receita Federal vai restituir um total de R$ 368.017.854,27 na próxima terça-feira (31). A consulta ao lote residual da restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) já está liberada desde a última terça-feira (24). Ao todo, 136.565 contribuintes terão direito à devolução do dinheiro descontado pelo Imposto de Renda.

Em entrevista exclusiva ao portal Brasil 61, o supervisor nacional do Programa do Imposto de Renda, José Carlos Fonseca, esclarece as principais dúvidas sobre o assunto. Segundo ele, o contribuinte precisa prestar muita atenção na hora de fazer a declaração – para não se esquecer de informar algum rendimento que ele teve, no período declarado.

“É muito comum uma pessoa ter um emprego regular, e na hora de fazer declaração ela só se lembra desse emprego e esquece de declarar outras rendas eventuais que teve, os chamados ‘bicos’, que também devem ser declarados”, explicou.

Problemas comuns

José Carlos Fonseca observa que outro problema muito comum, identificado na malha fiscal da Receita, acontece quando as despesas médicas do contribuinte não são declaradas da maneira correta, ou o contribuinte inclui um (ou mais de um) dependente na declaração e se esquece de informar os rendimentos desse dependente.

“O filho pode ter trabalhado e recebido uma remuneração, que também tem que ser declarada, esclareceu. “Outro aspecto que também retém muitas declarações pela malha são as despesas médicas inconsistentes, onde o contribuinte declara ter pago, mas a outra parte não declara ter recebido, acrescentou o supervisor: “Nesse caso, a declaração fica retida, pra que haja a comprovação”.

Como pesquisar

O supervisor nacional do Programa do Imposto de Renda lembra ainda que, se o contribuinte identificar alguma pendência na declaração, ele pode fazer a retificação e corrigir as informações que porventura estejam equivocadas: “Para saber se a sua declaração está na malha fiscal, você deve entrar na página oficial da Receita Federal – que é ‘gov.br/receitafederal’ – acessar o Portal do e-CAC com a sua conta Gov.br e, lá dentro, procurar o serviço do ‘meu imposto de renda’”, detalhou.

Segundo José Carlos Fonseca, o portal da Receita Federal possui todos os serviços relacionados ao imposto de renda e oferece, para pesquisas, a cópia da declaração feita pelo contribuinte –  inclusive as pendências. “Também é possível fazer essa pesquisa através do App ‘Meu Imposto de Renda’, disponível para Android e IOS, onde o contribuinte vai entrar também com a conta Gov.br e lá poderá, além de tirar cópia das declarações, visualizar as declarações todas, além de identificar também se há alguma pendência de malha”, acrescentou.

Orientações

Para saber se a restituição está disponível, ou se a declaração está retida na malha fina, o contribuinte deve entrar no site da Receita Federal pela internet e clicar no item “Meu Imposto de Renda”. Em seguida, é só acessar o ícone “Consultar a Restituição”. A página apresenta várias orientações e prestações de serviço, permitindo uma consulta simplificada ou completa a respeito da situação das declarações.

Comentários

Continue lendo

Em alta