fbpx
Conecte-se conosco

Extra

Vereadores criticam bloco de “Crianças Trans” na Parada LGBTQIA+ e propõem Projeto de Lei no Acre

Publicado

em

Vereador João Marcos Luz (PL) – Foto: Jardy Lopes

Na sessão desta terça-feira, 4 de junho, os vereadores da Câmara Municipal de Rio Branco expressaram críticas à presença de um bloco dedicado a “crianças trans” na Parada LGBTQIA+ realizada no último domingo, 2 de junho, em São Paulo. Para alguns parlamentares, a inclusão de menores de idade no evento é considerada “inaceitável” e um “crime contra as crianças”.

Reações dos Vereadores

O líder do prefeito, João Marcos Luz (PL), foi um dos principais críticos, afirmando que sua equipe jurídica está analisando formas de elaborar um projeto de lei que proíba a participação de crianças em eventos de orgulho LGBTQIA+ no Acre. “Primeiramente, quero deixar claro meu repúdio ao que aconteceu em São Paulo, no maior evento LGBT da América Latina, que inclusive contou com representantes do Acre. A criação do primeiro bloco de ‘crianças trans’ é um absurdo. Não podemos tolerar isso, pois configura um crime contra as crianças. Já instruí minha assessoria a preparar e estudar um projeto que vise proibir a participação de crianças na marcha LGBT,” declarou.

Preocupação com a Chegada da Iniciativa ao Acre

João Marcos enfatizou que a iniciativa provavelmente se estenderá ao Acre. “Esse movimento certamente se estenderá até aqui, e não queremos que nossas crianças sejam expostas a isso, pois sabemos que as marchas incluem consumo de bebidas alcoólicas e presença de pessoas nuas, entre outros. Portanto, devemos proteger nossas crianças,” defendeu Luz.

Durante a sessão, o vereador N. Lima (PP) também criticou a inclusão de crianças na parada, afirmando que uma minoria está tentando influenciar a mentalidade das pessoas. “Somos a maioria conservadora e seguimos os princípios cristãos. De repente, uma minoria no Brasil está tentando moldar a mentalidade das pessoas com uma manifestação que não encontra respaldo em nenhum lugar, muito menos nos princípios cristãos,” destacou.

Reação da Associação de Homossexuais do Acre

As críticas dos vereadores geraram uma forte reação do secretário da Associação de Homossexuais do Acre (AHAC), Germano Marino, que classificou os parlamentares como homofóbicos e transfóbicos. Marino afirmou que a apresentação de projetos de lei municipais e estaduais para proibir a participação de crianças e adolescentes em Paradas do Orgulho LGBT+ já vem acontecendo em todo o Brasil. “A medida estava demorando no Acre e, se aprovada, a classe vai recorrer,” garantiu.

Secretário da Associação de Homossexuais do Acre (AHAC), Germano Marino.

Contexto Nacional

A discussão sobre a presença de crianças em eventos LGBTQIA+ é parte de um debate mais amplo sobre os direitos e a proteção de menores em contextos públicos e festivos. As críticas dos vereadores de Rio Branco refletem preocupações conservadoras que têm sido levantadas em diversas partes do país, enquanto defensores dos direitos LGBTQIA+ argumentam pela inclusão e visibilidade de todas as identidades de gênero desde a infância.

Próximos Passos

O possível projeto de lei no Acre ainda está em fase de estudo e elaboração. Se avançar, deverá passar por discussões e votações na Câmara Municipal, onde será necessário um debate aprofundado sobre os direitos das crianças e adolescentes, bem como os princípios de inclusão e diversidade defendidos pela comunidade LGBTQIA+.

Comentários

Continue lendo

Extra

Polícia Civil captura homem que matou irmão com golpe de foice em Brasiléia

Publicado

em

Brasiléia, AC – Mariano Silva Gadelha, de 27 anos, foi preso nesta quinta-feira (13) pela Polícia Civil, acusado de matar seu irmão, Rosinildo da Silva Amaral, de 25 anos, com um golpe de foice. O crime ocorreu na manhã de quarta-feira (12), na propriedade da família localizada no Ramal da Pinda, acessível pela BR 317, no km 59, com mais 30 de acesso até o local.

A tragédia familiar aconteceu durante uma discussão entre os irmãos enquanto trabalhavam no roçado da família. Segundo Mariano, a briga começou devido a uma disputa pela divisão de terras feita em partes iguais pelo pai, resultando em uma luta corporal. Quando Rosinildo virou de costas, Mariano o atacou com uma foice, atingindo seu pescoço e quase o decapitando. Rosinildo morreu instantaneamente.

Após o crime, Mariano fugiu e se escondeu na cidade de Brasiléia. Ele foi encontrado na manhã desta quinta-feira no Bairro Eldorado, na rua Maria Ester de Oliveira, enquanto aguardava um mototáxi. Surpreendido pela polícia, Mariano foi preso em flagrante.

O delegado titular de Brasiléia, Erick Maciel, conduziu a oitava de Mariano na delegacia, após ele ser ouvido foi preso pelo crime de homicídio. A autoridade policial comunicou o fato ao judiciário, solicitando a prisão preventiva do acusado.

O corpo de Rosinildo está sendo velado na casa de parentes no Bairro Alberto Castro, em Brasiléia. O enterro está previsto para ocorrer ainda na tarde desta quinta-feira, no cemitério de Epitaciolândia.

VEJA VÍDEOS DA PRISÃO E ENTREVISTA COM O DELEGADO ERICK MACIEL SOBRE O CASO.

MATÉRIA RELACIONADA:

Degolou com foice: Briga por terras termina em morte entre irmãos

Comentários

Continue lendo

Extra

Degolou com foice: Briga por terras termina em morte entre irmãos

Publicado

em

Uma tragédia entre família ocorreu na manhã desta quarta-feira, dia 12, em uma propriedade localizada no Ramal da Pinda, que tem acesso pela BR 317 (Estrada do Pacífico) no km 59, com mais cerca de 30km até o local. O incidente aconteceu por volta das 8h00.

Vítima quase decapitado com o golpe da foice.

Segundo foi apurado com os agentes da Polícia Civil que foram até o local e familiares, os irmãos estavam trabalhando em um campo quando tudo aconteceu. O irmão mais velho, de 27 anos, identificado como Mariano da Silva Amaral, utilizou uma foice para cortar o pescoço de seu irmão, Rosinildo da Silva Amaral, de 25 anos.

Segundo foi apurado com o pai, teria acontecido uma divisão de terras para os dois em partes iguais, sendo que Mariano não teria aceitado e queria mais. Os dois estavam rocando uma área quando teria havido uma pequena discussão e a vítima, teria pedido para o irmão ir embora e se virou para continuar o trabalho.

Foi quando Mariano desferiu um golpe mortal atingindo o pescoço que por pouco não separa a cabeça do corpo para em seguida, fugir do local rumo a cidade em uma moto. Os pais, Rosiane Oliveira da Silva e Maricil Moreira do Amaral ficaram transtornados com o acontecido enquanto as autoridades foram acionadas para o local.

Mariano fugiu após o crime e está sendo procurado pelas autoridades policiais na fronteira.

Devido a distancia, os agentes da Polícia Civil e do Instituto Médico Legal – IML, tiveram dificuldades para chegar no local. A moto foi localizada em uma casa na cidade e o acusado apenas comentou: “acabei com minha vida”, e tomou rumo ignorado, possivelmente fugindo para o lado boliviano.

Várias diligencias foram realizadas pela fronteira, mas, não foi possível localizar o acusado. Somente por volta das 16h40 o carro do IML partiu da cidade de Epitaciolândia para a Capital com o corpo de Rosenildo, na companhia do pai.

O caso está sendo coordenado pelo delegado Ricardo Castro e sua equipe de investigadores que estão tentando localizar o acusado

Veja entrevistas com o pai e parentes da vítima.

Comentários

Continue lendo

Extra

Idoso morre após perder controle de moto e bater em guard rail na BR-317

Publicado

em

Otávio Lopes da Silva, de 78 anos, natural do Rio Grande do Norte, faleceu no pronto-socorro de Rio Branco, capital do Acre, após um trágico acidente de motocicleta na tarde desta terça-feira (11), na ‘Curva do Alemão’, localizada no km 48 da BR-317, no município de Capixaba, interior do Acre.

De acordo com informações de populares, Otávio trafegava no sentido Capixaba/Rio Branco em uma motocicleta de alta cilindrada quando perdeu o controle do veículo, saiu da pista e colidiu com um guard rail (defensa metálica). O impacto causou um Traumatismo Craniano Encefálico (TCE) gravíssimo, fratura na face, fratura exposta no braço direito e a amputação da perna direita na altura do joelho.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados para o local. Uma ambulância de suporte básico prestou os primeiros socorros ao idoso, que foi encaminhado ao Hospital Ary Rodrigues, no município de Senador Guiomard. Devido ao estado gravíssimo, ele foi transferido para o pronto-socorro de Rio Branco, onde não resistiu e faleceu minutos depois na Sala do Trauma.

Ancião é natural do Rio Grande do Norte e sua CNH foi renovada no mês de maio passado.

Após a declaração de óbito, o corpo de Otávio foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para exames cadavéricos, antes de ser liberado para a família realizar o velório e sepultamento.

O local do acidente foi isolado para a realização da perícia, que investigará as causas do acidente. A suspeita preliminar é de que Otávio possa ter passado mal ou adormecido enquanto pilotava a motocicleta. Após os procedimentos de praxe, a motocicleta foi removida por um guincho.

O trágico acidente ressalta a importância da cautela ao dirigir, especialmente em áreas de risco e para pessoas de idade avançada. A comunidade de Capixaba lamenta a perda de Otávio, um morador conhecido e respeitado na região.

Comentários

Continue lendo