fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Estado recepciona comitiva internacional para Missão de Monitoramento e Avaliação 2024 do Programa REM Acre – Fase II

Publicado

em

Repactuar os compromissos assumidos e acompanhar a execução dos projetos são alguns dos objetivos da Missão de Monitoramento e Avaliação 2024 do Programa REM Acre – Fase II. Recepcionada por gestores e técnicos do Estado, a comitiva internacional dos representantes dos governos da Alemanha e Reino Unido foi recebida na manhã desta terça-feira, 9, na sala de governança do Palácio das Secretarias, em Rio Branco.

Missão de Monitoramento e Avaliação do Programa REM Acre – Fase II é realizada anualmente. Foto: Arinelson Morais/REM

Sob a coordenação da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan), a Unidade de Coordenação do Programa REM Acre – Fase II (UCP-REM) iniciou a recepção dos doadores com uma conversa sobre os acordos firmados e as expectativas quanto à execução do programa no território acreano.

“O Programa REM no Acre tem avanços marcantes quando consideramos tudo que passamos [covid-19 e mudança de gestão]. Quando realiza visitas in loco, a gente consegue ver o quanto esse programa faz diferença na vida de uma pessoa. Passamos por problemas, mas também temos resultados importantes”, destacou a coordenadora-geral do Programa REM Acre – Fase II, Marta Azevedo.

Marta Azevedo, coordenadora-geral da Unidade de Coordenação do Programa REM Acre – Fase II, deu as boas-vindas à comitiva internacional. Foto: Arinelson Morais/REM

Na presença do gerente de portfólio do Banco Alemão para o Desenvolvimento (KfW), Klaus Köhnlein, e da gerente do Programa REM no Ministério para Segurança Energética e Net Zero (DESNZ) do Reino Unido, Svenja Bunte, o secretário de Planejamento, Ricardo Brandão, apresentou ações de gestão e sustentabilidade que têm sido implementadas pelo Estado. 

“O governo vem desenvolvendo um conjunto de estratégias com finalidade de garantir a sustentabilidade das políticas públicas de meio ambiente e de proteção às florestas. A parceria com o REM/KfW tem demonstrado quão importante é atuar de forma conjunta, coordenada e com um sistema de governança fortalecido, fazendo com que os resultados sejam cada vez mais reais e que as políticas públicas apresentem soluções importantes para a sociedade”, ressaltou o gestor. 

Secretário de Planejamento participou da abertura dos trabalhos e agradeceu pela parceria firmada entre os governos. Foto: Arinelson Morais/REM

A ação conjunta dos órgãos demonstra o compromisso do Estado com a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável, ampliando o apoio para atender os produtores, extrativistas, povos originários e comunidades tradicionais que encontram na floresta acreana recursos para viver.

Klaus Köhnlein afirmou ter ótimas expectativas quanto aos resultados da implementação do Programa REM no Acre. “Estamos vendo bons resultados no estado, que tem apresentado uma trajetória de redução do desmatamento, contribuindo com o objetivo global do programa, que é reduzir o aquecimento global”, disse.

Gerentes pelo Programa REM dos governo do Reino Unido e Alemanha afirmaram ter ótimas expectativas quanto aos resultados dos projetos executados no território acreano. Foto: Arinelson Morais/REM

Participação social nas discussões

O presidente do Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais (IMC), Leonardo Carvalho, destacou as ações de fortalecimento do Sistema Estadual de Incentivos a Serviços Ambientais do Acre (Sisa) e a participação social nos momentos de discussão e decisão.

Presidente do IMC, Leonardo Carvalho, explicou os meios de participação social nos momentos de discussão de políticas públicas. Foto: Arinelson Morais/REM

“Fizemos um processo de fortalecimento da participação social por meio de capacitações, porque imaginamos que a Comissão Estadual de Validação e Acompanhamento [Ceva] e as câmaras temáticas Indígena e de Mulheres [CTI e CTM] teriam uma série de discussões importantes sobre salvaguardas, políticas de REDD jurisdicional sobre gênero e sobre as novas perspectivas de financiamento climático, como Coalizão Leaf e padrões de certificação, como o ART  Trees ”, afirmou.

A Ceva e as câmaras temáticas são instrumentos de transferências vinculadas ao Sisa do IMC. Compostos por diferentes grupos da sociedade civil e do poder público, esses instrumentos de governança social apoiam, orientam e legitimam de forma conjunta o processo de execução do sistema, garantindo que as ações atendam os interesses da sociedade no Acre.

A secretária de Estado dos Povos Indígenas, Francisca Arara, ressaltou a importância da participação dos povos originários nas tomadas de decisão: “As nossas terras são barreiras de desmatamento que ajudam a frear os incêndios florestais, então estamos nos esforçando para assegurar uma governança participativa com diálogo e transparências das ações”. 

Francisca Arara, secretária de Estado dos Povos Indígenas, destacou o empenho do governo para ouvir e atender as demandas dos povos originários. Foto: Arinelson Morais/REM

Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas do Acre

Representando a titular da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Julie Messias, o coordenador do REM pela Sema, Quelyson Souza, e a chefe dos Núcleos de Prevenção, Controle do Desmatamento e Queimadas do Estado do Acre (PPCDQ-Acre) e Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE), Jomara de Souza, apresentaram aos doadores o PPCDQ-AC para 2023-2027, que tem como objetivo reduzir os níveis de desmatamento no território acreano, integrando e alinhando as ações dos órgãos estaduais, visando garantir a conservação ambiental e a preservação da biodiversidade.

“O Acre é um dos estados do Brasil que conta com recursos do programa REM para desenvolver atividades que estão vinculadas às metas de redução das emissões de CO2, desmatamento, queimadas e outros. Dentro desse contexto, a Sema tem papel importante, porque coordena a execução principal do PPCDQ-AC, construído com a aporte do Programa REM Acre”, explicou o coordenador.

Doadores receberam uma cópia do Plano de Prevenção, Controle do Desmatamento e Queimadas do Estado do Acre (PPCDQ-AC). Foto: Mayara Montenegro/REM

O Programa REM é fruto de cooperação financeira entre os governos do Acre, da Alemanha e Reino Unido, por meio do Ministério Federal de Cooperação e Desenvolvimento Econômico da Alemanha (BMZ) e o Departamento de Segurança Energética e Net Zero do Reino Unido (DESNZ), por meio do KfW, para implementação de projetos voltados à conservação das florestas que, por meio de diversos órgãos, beneficiam milhares de produtores rurais, ribeirinhos, extrativistas e indígenas.

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Conheça as nove candidatas ao Miss Universo Acre 2024; Brasiléia e Xapuri estará no evento que acontece no dia 8 de agosto

Publicado

em

O Teatro Hélio Melo se prepara para sediar o Miss Universe Acre em uma noite especial marcada para 8 de agosto. O evento promete reunir influenciadores, imprensa e convidados especiais em uma celebração da beleza e cultura acreana.

O Miss Universe Acre 2024 contará com representantes de diversas localidades do estado, reunindo talento e beleza em uma competição que promete destacar o melhor da cultura acreana. Art cedida

Com organização 

Allex Tomás, conhecido por sua atuação à frente do Miss Universe Acre, está promovendo evento que combina moda, cultura e um forte compromisso com a solidariedade. O evento, marcado para [data e local], não apenas destaca a beleza das participantes, mas também tem um propósito humanitário significativo.

Cada convidado do evento é solicitado a doar 2 quilos de alimentos não perecíveis, que serão direcionados ao Projeto Olhar Diferente. Este projeto desempenha um papel crucial ao oferecer assistência a famílias em situação de vulnerabilidade social em Rio Branco, proporcionando recursos essenciais para aqueles que mais precisam.

Allex Tomás enfatiza a importância de unir a estética com a responsabilidade social, transformando o evento em uma plataforma para promover mudanças positivas na comunidade. A iniciativa não só celebra a cultura e a beleza, mas também demonstra um compromisso tangível com o bem-estar dos menos favorecidos.

Coordenador do Miss Universe Acre, à organização do evento não está apenas celebra a beleza e a cultura, mas também marca a contagem regressiva para a final nacional do Miss Universe Brasil, agendada para 19 de setembro em São Paulo. O evento visa promover a solidariedade através da arrecadação de alimentos para o Projeto Olhar Diferente, apoiando famílias em situação de vulnerabilidade social em Rio Branco.

“Estamos ansiosos para receber todos os nossos convidados no Teatro Hélio Melo para uma noite memorável de beleza, cultura e solidariedade. O Miss Universe Acre não é apenas um evento de moda, é uma oportunidade de unir nossa comunidade em torno de causas importantes”, declarou Allex Tomás.

A noite promete ser uma celebração da diversidade e da solidariedade, combinando o glamour do concurso com um propósito nobre de apoiar famílias em situação de vulnerabilidade social em Rio Branco.

O Miss Universe Acre 2024 apresenta um grupo diversificado de candidatas, cada uma representando uma localidade única do estado. As participantes deste ano são:

  1. Rio Branco (1ª candidata)
  2. Rio Branco (2ª candidata)
  3. Feijó (1ª candidata)
  4. Feijó (2ª candidata)
  5. Ipixuna
  6. Tarauacá
  7. Cruzeiro do Sul
  8. Xapuri
  9. Brasiléia

Cada uma dessas mulheres não apenas compete pelo título de Miss Universe Acre, mas também representa orgulhosamente sua cidade e região. O concurso, que será realizado no Teatro Hélio Melo em 8 de agosto, promete ser uma noite emocionante de elegância, cultura e apoio comunitário.

Destacamos as candidatas por suas respectivas localidades, fornecendo uma visão geral das participantes do Miss Universe Acre 2024 e preparando o terreno para o evento em 8 de agosto.

Citação de Allex Tomás:

“Estamos muito felizes em ter candidatas tão talentosas e dedicadas neste ano. Elas são verdadeiras representantes da diversidade e da beleza do nosso estado, e mal podemos esperar para vê-las brilhar no palco do Miss Universe Acre”, afirmou Allex Tomás, coordenador do evento.

Comentários

Continue lendo

Acre

Polícia Militar celebra primeira formatura do Proerd em escola indígena de Tarauacá

Publicado

em

A Polícia Militar do Acre (PMAC) realizou nesta terça-feira, 23, uma formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) na Escola Estadual Indígena Estirão do Caucho, localizada na Aldeia do Caucho, em Tarauacá. O evento marcou a primeira vez que o programa foi implementado em uma escola indígena na região, formando 45 alunos após duas semanas de curso intensivo.

Formandos eram alunos do 5º e do 7º ano. Foto: cedida

A cerimônia contou com a presença de autoridades civis e militares do município. Entre os formandos, 22 eram alunos do 5º ano e 23 do 7º ano. O programa, que visa educar jovens sobre os perigos das drogas e da violência, teve um impacto significativo na comunidade.

O tenente-coronel Jamisson Neri, comandante do 7º Batalhão da PMAC de Tarauacá, destacou a importância desse marco para a aldeia e para a PMAC. “Este momento é histórico para todos nós. Trazer o Proerd para as aldeias não apenas reforça nosso compromisso com a educação e a segurança das nossas crianças, mas também fortalece os laços de respeito e colaboração com as comunidades indígenas. Estamos plantando sementes de esperança e proteção para o futuro de nossos jovens”, afirmou.

Tenente-coronel Jamisson Neri é comandante do 7º Batalhão, em Tarauacá. Foto: cedida

A iniciativa demonstra o esforço contínuo da PMAC em expandir suas ações educacionais e preventivas para todas as áreas do estado, incluindo as mais remotas, visando construir uma sociedade mais consciente e segura para todos.

Comentários

Continue lendo

Acre

Homem é eletrocutado enquanto instalava antena e tem quase 20% do corpo queimado

Publicado

em

O homem estava no local a trabalho quando levou o choque/Foto: Reprodução

Um acidente envolvendo eletricidade ocorreu no início desta semana no interior do estado do Acre, em Cruzeiro do Sul, quando um homem chamado Elton Santana de Melo, morador do município de Guajará-Mirim, em Rondônia, que estava instalando uma antena de internet, recebeu a descarga, caindo de uma altura aproximada de quatro metros.

Melo apresenta queimaduras de primeiro e segundo grau no rosto e nos membros inferiores, com os machucados atingindo cerca de 18% de seu corpo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado pouco depois do acidente, encontrando o homem dentro de um veículo, recebendo assistência de populares que estavam no local.

A vítima foi prontamente encaminhada ao centro cirúrgico, já passando por procedimentos para tratar as queimaduras no corpo. Ele se encontrava consciente durante o resgate, e conseguiu explicar à equipe de socorristas que o acidente ocorreu enquanto tirava fotografias que atestam a instalação da antena.

 “Estávamos em uma escola no final do Ramal 3 para fazer um relatório fotográfico das antenas VSat que ele tinha instalado na semana passada. Naquela ocasião, havia um fio de alta tensão passando por cima da escola. Ele me disse que, devido ao sol muito forte, não conseguiu ver o fio”, disse Madson Oliveira, que acompanhava Melo durante o momento do acidente, e relatou o ocorrido ao site jurua24horas.

Comentários

Continue lendo