fbpx
Conecte-se conosco

Extra

Alexandre de Moraes determina desbloqueio de ruas no Acre e multa organizadores

Publicado

em

Presidente do TSE e ministro do STF, Alexandre de Moraes
Reuters/Adriano Machado (31/10/2022)

POR CNN

Ministério Público do Acre denunciou manifestações e identificou dois organizadores e financiadores dos atos feitos após o segundo turno das eleições

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), acolheu, no domingo (7), pedido do Ministério Público do Acre e determinou que o Polícia Militar (PM) realize a imediata desobstrução de vias públicas.

O MP-AC havia denunciado manifestações no entorno de instalações do Exército Brasileiro na cidade de Rio Branco, situadas no cruzamento da Rua Colômbia com a Rua Valério Magalhães, e identificado dois organizadores e financiadores, Jorge José de Moura e Henrique Luis Cardoso Neto.

A promotoria do Acre relatou que a PM tem sido “conivente com as persistências das condutas contrárias à paz pública […], inclusive com o fornecimento de apoio material aos manifestantes por grupos de interesse organizados”.

Moraes também determinou que todos os veículos participantes da manifestação sejam identificados e que seja aplicada a multa horária de R$ 100 mil reais aos próprietários dos veículos, bem como às pessoas que incorrem no descumprimento da decisão mediante apoio material (logístico e financeiro) às pessoas e veículos que permanecem em locais públicos.

Além disso, o ministro multou os organizadores e financiadores identificados pelo MP.

Moraes já havia decidido, no dia 1º de novembro, que agentes da PM têm autorização para atuar em rodovias estaduais e federais para imediata desobstrução e impedir a dificuldade de passagem de veículos.

“Os fatos trazidos ao conhecimento da Corte afetam não apenas a regularidade do trânsito nas rodovias, mas, principalmente, a segurança pública em todo o território nacional, inclusive por meio de condutas tipificadas na Lei 14.197/2021 como crimes contra as instituições democráticas”, afirmou.

O ministro da Suprema Corte ainda autorizou a PM a identificar caminhões utilizados para bloqueios de tráfego para que seja aplicada multa de R$ 100 mil por hora e prisão em flagrante.

Comentários

Extra

Rio Acre alcança cota de transbordamento em Brasiléia e Epitaciolândia

Publicado

em

Vista aérea da primeira área a ser alcançadas pelas águas do Rio Branco – Fotos: Alexandre Lima

Por volta das 19h30 desta sexta-feira, dia 23, o rio Acre alcançou a contra de transbordamento na fronteira do Acre, que é de 11,40cm. Mesmo com sinais de estabilidade na região de Assis Brasil, na fronteira com o Peru, se espera um grande volume para este final de semana.

As especulações sobre o nível a ser alcançado são muitas, enquanto isso, as partes mais baixas as margens do rio, fazem com que os moradores iniciassem retiradas de seus móveis e objetos pessoais de suas casas e comércios.

As prefeituras de Brasiléia e Epitaciolândia estão empenhadas com o apoio da Defesa Civil, Exército Brasileiro, Bombeiros e servidores, além e pessoas que disponibilizaram veículos para ajudar no transporte.

A prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem, como também de Epitaciolândia, Sérgio Lopes, estão acompanhando com suas equipes nas retiradas das famílias com seus pertences levando para casas de parentes, amigos, ou para locais disponibilizados em escolas.

Os trabalhos de prevenção irão continuar por parte da noite, podendo entrar na madrugada. “Nossa intenção é evacuar o quanto pudermos, assim evitaremos maiores transtornos para as famílias que moram nas regiões mais baixas e que já estão sendo alcançadas pelas águas do rio”, destacou a prefeita Fernanda Hassem.

Comentários

Continue lendo

Extra

Prefeitura antecipa pagamento de fevereiro, 2,8 milhões foram injetados na economia local.

Publicado

em

O prefeito de Epitaciolândia Dr. Sérgio Lopes, informou que a prefeitura através da Secretaria Municipal de Finanças antecipou para hoje o pagamento da folha referente ao mês de fevereiro, foram injetados na economia local cerca de 2,8 milhões de reais.

Segundo informou o gestor, a antecipação vem em boa hora, pois muitas famílias estão passando por momentos difíceis devido as cheias do Rio Acre.

“Estamos pagando hoje nossos servidores, é um montante de 2,8 milhões de reais injetado na economia local, ao mesmo tempo em que estamos empenhados em retirar de forma preventiva as famílias de áreas com potencial risco de alagação, estamos efetuando o pagamento de fevereiro de forma antecipada, com isso, vamos manter a economia local aquecida.” Frisou o prefeito.

Comentários

Continue lendo

Extra

Mais de 50 famílias ja foram retiradas pela Prefeitura de Epitaciolândia e realojadas em abrigos e casa de parentes

Publicado

em

A Prefeitura de Epitaciolândia iniciou nesta quinta-feira, 22, a retirada dos moradores que vivem em uma área com risco de alagação no bairro Beira Rio. Diversas foram realojadas de forma preventiva devido ao comportamento do Rio Acre, segundo o departamento de Defesa Civil do Município o nível está subindo muito rápido, conforme o último boletim emitido pela Defesa Civil Municipal já ultrapassa a cota de alerta que é 9,80cm e já chega aos 10 metros.

Devido aos alertas emitidos por autoridades de cidades que ficam nas cabeceiras do rio Acre, dando conta do grande volume de água, o prefeito Sérgio Lopes determinou que toda sua equipe de secretários, assessores e servidores que prestem auxilio as pessoas que queiram sair de suas casas em busca de abrigo, sendo eles em casa de parentes ou em locais oferecidos pela prefeitura.

As primeiras famílias estão sendo alojadas na Escola Municipal Bela Flor, segundo o Secretário de Turismo e Meio Ambiente Jonas Cavalcante que também responde pela Defesa Civil do Município outros locais já estão sendo preparados para alojar mais famílias caso seja necessário.

O prefeito Sérgio Lopes acompanha de perto a remoção das famílias.

“Estamos realojando todas as famílias que moram em área com potencial risco de alagação, o rio Acre ainda não ultrapassou a cota de transbordamento, porem vamos de forma preventiva retira todos que queiram sair há tempo, estamos dando todo o apoio nos alojamentos com alimentação serviços médicos caso seja necessário, quero de antemão agradecer ao pessoal do Exército Brasileiro e Corpo de bombeiros bem como todos os voluntários que estão nos ajudando a enfrentar esse momento. ” Frisou o prefeito.

Segundo o relatório de controle da Secretaria de Assistência Social o número de famílias realojadas já são cerca de 50, sendo que parte foram para casa de parentes em locais seguro e outras estão em Alojamentos nas Escolas Bela flor e Joana Ribeiro Amed.

Matéria em atualização.

 

.

 

 

 

Comentários

Continue lendo






Em alta