Conecte-se conosco

Extra

Você já sabe como e onde votar? Clique aqui e tire dúvidas

Publicado

em

As Eleições 2022 acontecem neste dia 2 de outubro e, onde houver segundo turno, no dia 30 de outubro. O voto é obrigatório para brasileiras e brasileiros entre 18 e 69 anos e facultativo para pessoas analfabetas, jovens com 16 e 17 anos e para quem tem 70 anos ou mais.

Saiba como votar no Brasil ou no exterior e esclareça suas dúvidas consultando as informações da Justiça Eleitoral.


O horário da votação no Acre mudou, pois agora é unificado com todo o Brasil.

Será das 6h às 15h no horário do Acre. Não esqueça!

Os eleitores que ainda estiverem na fila após o horário de término da votação poderão exercer o direito ao voto.


Consulte seu local de votação

Baixe o seu E-título

Tire dúvidas no Whatsapp do TSE

No primeiro turno das eleições deste ano, que ocorre neste domingo, dia 2 de outubro, as eleitoras e os eleitores vão escolher representantes para os cinco cargos em disputa.

O primeiro voto é para deputada ou deputado federal, com quatro dígitos. O segundo voto é para deputada ou deputado estadual ou distrital (dependendo do estado em que você mora), com cinco dígitos. Em seguida, o voto é para senadora ou senador, com três dígitos.

O penúltimo voto é para governadora ou governador, com dois dígitos. E, por último, é a vez de votar para a presidência da república, também com dois dígitos

E atenção! Neste ano, todos os estados vão abrir e fechar as seções de votação seguindo o horário de Brasília. Ou seja, se você mora em uma região com um fuso horário diferente, precisa ficar atento.

No Acre, por exemplo, onde há duas horas de diferença com o horário da capital federal, os eleitores irão às urnas entre 6h e 15h. Veja aqui as demais regras definidas pelo TSE para os dias de votação: https://www.tse.jus.br/comunicacao/no…

Urna eletrônica no Brasil

O sistema de votação eletrônico brasileiro permite o exercício da cidadania com maior segurança. A urna foi desenvolvida para computar votos de forma segura e sigilosa, atendendo à demanda e às características específicas do Brasil.

Precisa de biometria pra votar em 2022?

Quem já teve a biometria coletada pela Justiça Eleitoral poderá utilizar as digitais como forma de identificação no dia da eleição. No entanto, eleitoras e eleitores que ainda não realizaram o cadastro biométrico não precisam se preocupar. Todas as pessoas que estiverem com o título regular poderão votar normalmente, mesmo que não tenham biometria coletada pela Justiça Eleitoral.

Para votar, a pessoa deve apresentar um documento oficial com foto. São aceitos os seguintes documentos:

  • e-Título (título de eleitor em meio digital. Se estiver sem foto, é necessário apresentar outro documento oficial com foto);
  • Carteira de identidade;
  • Identidade social;
  • Passaporte;
  • Carteira de categoria profissional reconhecida por lei;
  • Certificado de reservista;
  • Carteira de trabalho;
  • Carteira nacional de habilitação.

Não é obrigatório apresentar o título de eleitor para votar.

Como consultar ou mudar local de votação?

A consulta ao local de votação pode ser feita no Portal do TSE, basta preencher o nome completo ou o número do título na opção “onde votar”.

É necessário que os dados informados estejam conforme o cadastro, ou seja: de acordo com os dados fornecidos na ocasião do alistamento eleitoral.

O prazo para tirar o título de eleitor e outros serviços, como a regularização, transferência do município de domicílio eleitoral, a mudança de local de votação e a retificação de dados pessoais, como a inclusão do nome social, terminou no dia 4 de maio de 2022. O prazo é importante para que a Justiça Eleitoral possa organizar a votação em todo o país.

Assista o vídeo e saiba como saber seu local de votação:

Não regularizei meu título, posso votar nas Eleições 2022?

Quem não tirou o título de eleitor ou não regularizou a condição até o dia 4 de maio, data do fechamento do cadastro eleitoral, não poderá participar das eleições deste ano. Para conferir a situação, basta preencher o nome completo ou o número do título de eleitor no Portal do TSE.

Não votou na última eleição? Você pode votar em 2022. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prorrogou a suspensão, por prazo indeterminado, das consequências previstas no art. 7º do Código Eleitoral para os eleitores que deixaram de votar nas Eleições 2020 e não apresentaram justificativas ou não pagaram a multa eleitoral. Com a decisão, quem não compareceu às urnas em 2020 poderá votar normalmente nas eleições deste ano.

A ausência do voto ou justificativa também não vai impedir o cidadão de obter passaporte ou carteira de identidade; inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, e neles ser investido ou empossado; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e receber remuneração de função ou emprego público.

Como votar em trânsito?

As eleitoras e os eleitores que pretendem votar em trânsito nas Eleições 2022 poderão solicitar o serviço à Justiça Eleitoral no período de 18 de julho a 18 de agosto. O voto em trânsito ocorre quando o eleitor está fora do seu domicílio eleitoral e indica outra cidade para votar, mas somente em capitais e municípios com mais de 100 mil eleitores. Existem duas possibilidades de voto em trânsito: quem estiver fora da cidade, mas dentro do mesmo estado em que vota, poderá participar das eleições para os cargos de presidente da República, governador, senador, deputado federal, deputado estadual ou deputado distrital. Já as eleitoras e os eleitores que pretendem votar em outro estado poderão participar da escolha apenas para o cargo de presidente da República. A relação dos locais onde haverá voto em trânsito deverá ser divulgada nas páginas dos tribunais eleitorais até 17 de julho.

Assista o vídeo e saiba como votar em trânsito:

Como pessoas com deficiência votam nas eleições?

A Justiça Eleitoral possui diversos mecanismos para garantir o acesso das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida ao local de votação. Até 90 dias antes do pleito, ou seja, dia 2 de julho, os eleitores com deficiência que votam em seções com acessibilidade poderão comunicar ao juiz eleitoral, por escrito, suas restrições e necessidades, para que a Justiça Eleitoral providencie, se possível, os meios e recursos destinados a facilitar o exercício do voto. Se não fizer nenhum requerimento antecipado, o eleitor ainda poderá informar ao mesário as limitações, a fim de que a Justiça Eleitoral providencie as soluções adequadas no momento.

Todas as urnas eletrônicas são preparadas para atender pessoas com deficiência visual. Além do sistema braile e da identificação da tecla número cinco nos teclados, os tribunais eleitorais disponibilizam fones de ouvido nas seções com acessibilidade e naquelas onde houver solicitação específica, para que o eleitor cego ou com baixa visão receba sinais sonoros com indicação do número escolhido e retorno do nome do candidato em voz sintetizada.

No caso dos analfabetos, o voto é facultativo. Mesmo assim, caso alguém nessa condição decida votar e não saiba assinar, poderá utilizar a impressão digital do polegar direito. O eleitor analfabeto também tem direito a usar uma “cola” (anotação do número de seus candidatos) para facilitar a votação.

Conheça mais sobre a urna eletrônica e sobre todo o processo de votação:

Como votar no exterior?

A votação fora do território nacional é organizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal, com o apoio dos consulados ou das missões diplomáticas em cada país. As missões diplomáticas ou repartições consulares comunicarão, aos eleitores votantes no exterior, o horário e o local da votação. O eleitor que possui domicílio eleitoral no exterior não apenas têm o direito, mas o dever de participar do processo eleitoral do Brasil. Neste caso, o exercício do voto é exigido apenas nas eleições para presidente e vice-presidente da República. As seções eleitorais para o primeiro e o segundo turnos de votação funcionarão nas sedes das embaixadas, em repartições consulares ou em locais em que existam serviços do governo brasileiro. Excepcionalmente, o Tribunal Superior Eleitoral poderá autorizar a abertura de seção eleitoral fora desses locais.

Se você nasceu em outro país e se naturalizou brasileiro, também deve votar:

 

Comentários

Extra

Polícia Civil de Xapuri prende dois acusados de estuprar crianças; um tio que estuprava a sobrinha de 7 anos e o pai a filha de 12

Publicado

em

Nesta sábado, dia 26, a Delegacia de Polícia Civil de Xapuri, em que é Titular o Delegado Gustavo Neves, por meio da equipe de investigação chefiada pelo Inspetor Investigador Eurico Feitosa, prenderam dois homens que vinham praticando estupro de vulnerável dentro da própria família. As prisões foram requeridas pela Autoridade Policial nos inquéritos que investigam a prática dos crimes de estupro de vulnerável.

O primeiro a ser preso foi A.L.D. C., de 20 anos, que se encontrava em sua residência localizada no bairro do Pantanal, pólo Maquiar. De acordo com a investigações, este abusava sexualmente de sua sobrinha A.M.L.M de 7 anos de idade mediante ameaça. Autor e vítima moravam juntos na casa da avó da menina e os estupros ocorriam quando a avó saía de casa para trabalhar.

O segundo homem a ser preso, foi R.D.S.M de 30 anos de idade, sendo localizado na casa da namorada no bairro Cerâmica. De acordo com as investigações, conta que R.S.M. mantinha relações sexuais com L.D.C.M, sua própria filha de 12 anos de idade.

A Polícia Civil iniciou as investigações a aproximadamente uma semana, quando tomou conhecimento dos crimes que vinham sendo praticados contra as crianças, sendo que na manhã deste sábado, prendeu os acusados.

Os presos foram conduzidos para a Delegacia de Xapuri e em seguida transferidos para o Complexo Penitenciário Francisco Oliveira em Rio Branco.

Comentários

Continue lendo

Extra

Bandidos explodem caixa eletrônico com dinamite em Cobija

Publicado

em

Na madrugada desta sexta-feira, dia 25, uma forte explosão foi registrada em um caixa automático

Era por volta as 05h10 da madrugada, quando as autoridades policiais foram alertadas dos danos na infraestrutura do banco, mas, os bandidos não teriam levado o dinheiro que estava no caixa.

Analisando a violência causada pela explosão, acreditam que não souberam usar da forma correta para a explodir o caixa eletrônico, que danificou bastante a estrutura do prédio e assustou os moradores na redondeza, que foram acordados com o forte barulho.

Pessoal da Força Especial de Luta Contra o Crime – FELCC, estiveram na cena do crime e buscaram o sistema de segurança para extrair imagens das câmeras em busca de identificar os suspeitos que participaram da intenção de roubo e em que veículo usaram.

No entanto, a polícia de Pando solicitou informações do banco para que pudessem informar sobre a quantia existente no caixa automático e se tiveram êxito em levar dinheiro. Pela maneira violenta de atuação, não descartam que se trata de cidadãos brasileiros que haviam montado vigilância na redondeza.

Segundo às autoridades, o modo usado contra caixas com explosivos, é bem utilizada por bandidos chilenos e brasileiros que estariam por trás do atentado, além de serem de organizações criminosas ligadas ao narcotráfico.

Esta não seria a primeira vez que bandidos utilizam dinamite em caixas eletrônicos na cidade de Cobija. Até o momento não foi informado sobre possíveis prisões de suspeitos.

Comentários

Continue lendo

Extra

CUFA e Prefeitura de Brasiléia beneficiam 200 famílias com 3 Ciclo do Vale-gás

Publicado

em

200 Famílias foram beneficiadas diretamente através do Projeto Social.

A Central Única das Favelas, em parceria com a Prefeitura de Brasiléia, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizou nesta sexta-feira, 25, entrega do Terceiro Ciclo do Vale- gás no município.
A atividade aconteceu na quadra do bairro Ferreira Silva e contemplou 200 famílias com a distribuição do vale-gás, um projeto social realizado pela Central Única das Favelas (CUFA) para facilitar a reposição de botijões, cujo valor cresceu consideravelmente nos últimos dois anos.

Os contemplados residem nos diferentes bairros de Brasiléia e a ação contempla 200 famílias em situação de vulnerabilidade social, que receberão o vale- gás durante 5 ciclos.

De acordo com o Coordenador da Central Única das Favelas no Acre, Júnior TRZ, a previsão é de que a entrega do quarto ciclo aconteça já no mês de Dezembro. “ Estamos no nosso 3 ciclo da entrega do vale-gás, beneficiando diretamente 200 homens e mulheres aqui de Brasiléia com a recarga do seu gás de cozinha. É uma parceria importante que temos com a Petrobrás e que beneficia milhares de famílias no Brasil”, afirmou Júnior TRZ.

A Prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem participou da atividade. “Hoje estamos aqui na quadra do bairro Ferreira Silva entregando o terceiro ciclo do vale-gás, quero aqui agradecer ao Júnior TRZ e toda equipe da CUFA presente. Nesse momento de dificuldade em que o povo passa, receber esse vale é de grande valia. Agradeço a equipe de Assistência social, em nome do secretário Djahilson Américo, que não tem medido esforços para ajudar as familiais em situação de vulnerabilidade social e que são cadastradas nos programas sociais”, finalizou a Prefeita.

Para receber o Auxílio Gás, a família deve estar inscrita no Cadastro Único e possuir renda familiar mensal menor ou igual a meio salário-mínimo por pessoa.

Comentários

Continue lendo

Em alta