Presidente do PT no Acre, Ermício Sena
Presidente do PT no Acre, Ermício Sena

O presidente regional do Partido dos Trabalhadores (PT), Ermício Sena, afirmou durante a tarde desta segunda-feira (31) que o baixo rendimento eleitoral do partido, que despencou para 15º lugar entre as siglas com prefeitos eleitos, deve-se ao que ele considera um intenso bombardeio realizado por parte de alguns setores da comunicação, como é o caso da Rede Globo.

Ermício afirma que o partido continua sendo uma importante força política, e qualificou o momento enfrentado como fruto de um revés político.

“O PT é um partido enraizado nacionalmente, o fato de ter tido um rendimento eleitoral menor nessas eleições não significa que não continue sendo uma força viva na sociedade. Um revés político, obtido num cenário conturbado como o que vivemos, de bombardeio intenso ao partido por parte de setores que controlam os meios de comunicação, como a Globo, por exemplo, pode certamente ser revertido a nosso favor, quando essa onda se dissipar”, disse.

Ermício finaliza afirmando que considera a crise como fonte de oportunidade.

“Existe literatura acadêmica que dialoga com o que estou falando, quando trata da crise de representação e da “janela de oportunidades”, que crises, como a que estamos vivendo, abrem para a esquerda. Iremos agora lutar para unificar a luta em torno de ações programáticas”.

Por Gina Menezes

Comentários