Os últimos acontecimentos que ocorreram na fronteira, como furtos e assassinatos, colocaram as Forças de Segurança em alerta. Tanto a Polícia Militar quanto Civil, vêm trabalhando para identificar e prender os suspeitos e leva-los à Justiça.

Em uma ação dos policiais do 5º Batalhão da Polícia Militar localizado na cidade de Brasiléia, um veículo modelo VW/Gol, foi parado para averiguação onde tinha em seu interior, cinco pessoas incluindo uma mulher, em atitude suspeita.

O veículo tem a mesma característica do que foi usado por criminosos em duas ações que resultou em assassinatos. Foi descoberto posteriormente, que o carro trabalhava como transporte de aplicativo e estaria transportando passageiros.

Ao ser revistado, foi descoberto que algum dos ocupantes tentou se desfazer de uma arma modelo garrucha de dois tiros, contendo uma munição calibre 32 ainda intacta. Dentre os detidos para averiguação, um já tem passagem por recepção, tráfico e outros delitos perante a Justiça.

Todos foram conduzidos para a delegacia do Município para averiguação. Inicialmente os suspeitos tentaram dizer que a arma seria da jovem, fato negado e nenhum quis assumir a posse da mesma. Diante da negativa de todos, incluindo o motorista do carro, foram indiciados como ‘proprietários’.

O caso foi passado para a delegada plantonista que por sua vez, encaminhará todos ao judiciário local.

Veja entrevista com a comandante do 5º Batalhão, Major Ana Cássia.

Comentários