Investigados são suspeitos de usarem páginas no Facebook, para ofertar e vender notas falsas para pessoas de todo o Brasil. Até o momento, um homem foi preso.

Policiais federais cumprindo mandado na operação “Alto relevo” em Ji-Paraná, RO — Foto: PF/Divulgação
Por G1 RO

A Polícia Federal deflagrou neste sábado (19), a Operação “Alto-relevo”, em Ji-Paraná (RO), para coibir as ações de pessoas que comercializam dinheiro falso pelas redes sociais. São cumpridos dois mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara da Justiça Federal.

________________

Conforme investigações da PF, há indícios que os investigados, usam páginas no Facebook, para ofertar e vender notas falsas para pessoas de todo o Brasil.

________________

Durante as buscas foram encontrados o cartão bancário utilizado para movimentação das contas que recebiam os pagamentos, além de uma arma de fogo e munições.

Um homem já foi preso em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e será encaminhado ao presídio em Ji-Paraná.

A assessoria de comunicação da PF explicou que o nome da operação faz referência a um dos itens de segurança de cédulas originais, como também ressalta a “alta relevância” que o combate a crimes desta natureza tem, visto que a disseminação de notas falsas na economia, principalmente em pequenas cidades, tem impacto negativo à população.

Comentários