Conecte-se conosco





Cotidiano

“Para mim os donos das empresas de ônibus tinham que ser presos”, diz Lene Petecão

Vereadora diz que os donos de empresas não são conhecidos, não comparecem para assinar Termo de Ajustamento de Conduta (TAC)e que são grave as denúncias contra eles

Publicado

em

POR GINA MENEZES

Diante das denúncias de que os funcionários do transporte coletivo de Rio Branco estão sem receber e que as empresas ingressaram com pedido de recuperação judicial, a vereadora Lene Petecão afirmou que os donos dessas empresas de ônibus deveriam ser presos.

A vereadora diz que os donos de empresas não são conhecidos, não comparecem para assinar Termo de Ajustamento de Conduta (TAC)e que são grave as denúncias contra eles.

“Para mim esses donos de empresas tinham que ser eram presos. Como vamos fazer um TAC se a própria prefeitura não conhece os donos das empresas?”, questionou.

Sobre o subsídio que a prefeitura faria às empresas, repassar dinheiro para que em tese paguem os funcionários, Lene teme que o acordo não seja cumprido e o dinheiro usado para outros fins.

“Nosso medo é que esse dinheiro caia em mãos erradas. Eles são caloteiros e descompromissados”, diz.

Comentários

Em alta