Conecte-se conosco





Flash

Inep divulga lista dos aprovados na 2ª etapa do Revalida 2020

Publicado

em

Foram aprovados 1.085 médicos na prova de habilidades clínicas. Listagem já está disponível para as universidades

Divulgada a listagem dos aprovados na segunda etapa do Revalida 2020 – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Do R7

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgou na última segunda-feira (4) a lista de aprovados na segunda etapa do Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira) 2020.

Nesta etapa foram aprovados 1.085 médicos na prova de habilidades clínicas. Os nomes dos aprovados no exame também já estão disponibilizados via Sistema Revalida às universidades parceiras para realização do apostilamento dos processos de revalidação dos diplomas médicos.

As universidades parceiras reconhecem os resultados de aprovação nas duas etapas do exame como demonstrativo de competências teóricas e práticas compatíveis com as exigências de formação correspondentes aos diplomas de medicina expedidos por universidades brasileiras.

Os participantes aprovados devem entrar em contato com o setor de diplomas da universidade selecionada para agendar a entrega dos documentos. O prazo de validade da aprovação no Revalida 2020 será definido pela instituição selecionada pelo participante para apostilamento da revalidação do diploma, respeitando a validade mínima de um ano após a publicação do resultado final.

Ao participante que foi reprovado na segunda etapa do Revalida poderá se inscrever diretamente para essa etapa nas próximas duas edições do exame, não sendo necessário realizar todo o processo de revalidação desde a primeira etapa.

Revalida

O Revalida busca subsidiar a revalidação no Brasil, do diploma de graduação em medicina expedido no exterior. As referências do exame são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional. O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do SUS (Sistema Único de Saúde).

Comentários

Em alta