Vítima se encontra no hospital em observação e está fora de perigo, segundo foi informado.

As autoridades do município de Brasileia estão a procura do principal suspeito de tentar matar sua ex-companheira, Alciana Valentim de Oliveira, de 29 anos. O fato ocorreu por volt das 2h00 da madrugada deste domingo, dia 13.

Segundo foi registrado no Boletim de Ocorrência (B.O.), Lilton dos Santos teria chegado em uma residência no Bairro José Moreira, parte alta da cidade, onde havia cerca de 15 pessoas além da ex-companheira que estava na companhia do seu filho de sete anos.

Acusado fugiu na moto da vítima após desferir vários golpes de faca.

O mesmo chegou no local já fazendo ameaças e sacou de uma arma branca (faca), e passou a desferir golpes contra a mulher na frente do filho que gritava para não matar sua mãe. Alcilana foi ferida em diversas partes do corpo, incluindo braços, pernas e abdômen. Somente no hospital, foi possível averiguar que a vítima sofreu sete perfurações.

Contam ainda que, mesmo com a interferência de terceiros no local, o homem não cessou as agressões contra a mulher. Foi quando parou e se apossou das chaves da moto da mulher de placas boliviana, fugiu tomando rumo ignorado.

Foi apurado que o acusado não aceita a separação entre os dois, vindo praticar ameaças contra a mulher que já havia registrado queixa, temendo pelo pior que por pouco não aconteceu.

A vítima foi levada para o hospital Raimundo Chaar, onde recebeu os devidos atendimentos, escapando por pouco de perder a vida, ficando em observação.

A guarnição da Polícia militar realizou buscar pela cidade, mas não obteve êxito em localizar o agressor. O caso está registrado na delegacia de Brasiléia.

Comentários