Samuel Timóteo teria sido morto por dois homens em uma motocicleta. Vítima possuía passagens pela polícia.

Foto: ac24horas
Foto: ac24horas

G1/Ac

Samuel Timóteo da Silva, de 33 anos, conhecido como ‘Darlyzinho’, filho do fazendeiro Darly Alves da Silva, foi assassinado, neste sábado (15), no bairro Cidade Nova, em Rio Branco. Segundo o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), o homem teria sido morto com três tiros nas costas.

De acordo com o Ciosp, vizinhos teriam informado que dois homens em uma motocicleta seriam os responsáveis por efetuar os disparos contra o filho de Alves. Uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada, mas ao chegar ao local a pôde apenas constatar o óbito. O caso foi encaminhado para a Delegacia da Segunda Regional de Rio Branco.

Ainda segundo o Ciosp, Silva possuía passagens pela polícia por ameaça, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Darly Alves
Samuel Timóteo da Silva era um dos filhos do fazendeiro Darly Alves da Silva, condenado em 1990 a 19 anos de detenção como mandante da morte do ambientalista Chico Mendes, na noite do dia 22 de dezembro de 1988, em Xapuri (AC).

Comentários