Funcionários da Zofra e órgão sanitário estão fiscalizando e orientando quem entra em Cobija.

Busca por álcool em gel mascaras aumentaram e algumas farmácias da fronteira já não tem em seu estoque

Como foi determinado pelo governo federal da Bolívia, o bloqueio parcial na fronteira do Acre está começando a partir desta segunda-feira, dia 16, a partir das 18 horas no horário acreano, com previsão de aberturas às 5 horas do dia seguinte.

Assim está sendo realizado pelo Serviço Nacional Sanitário Agropecuário e Inocuidade Alimentar (SENASAG), juntamente com a Zona Franca (Zofra), estão fiscalizando e orientando àqueles que estão ingressando no País, por Cobija/Pando, para que utilizem de máscaras e luvas, além da aquisição de álcool em gel para a higiene pessoal.

Segundo os funcionários, foi divulgado uma portaria suspendendo aulas, aglomerações com até 100 pessoas, além de poder divulgar a qualquer momento, de mais ações restritivas com o intuito de evitar a propagação da doença pelo País.

O jornalista Almir Andrade que se encontra na fronteira com o Peru, registrou a fiscalização na ponte que liga o Brasil, através do Acre pela cidade de Assis Brasil, que dá acesso ao município de Inhapari, já tem policiais orientando

Outro ponto que chamou atenção na fronteira, seria a escassez de álcool em gel e máscaras cirúrgicas em quase todas as farmácias, tanto do lado brasileiro ou boliviano. Uma das formas, seria a fabricação caseira que pode ser aprendida em vídeos no Youtube.

Outra denuncia que precisa ser investigada pelos órgãos competentes, seria o aumento no preço dos produtos acima citados, que podem ultrapassar os 250% ou mais. Com a escassez dos produtos, algumas lojas estariam oferecendo no valor aproximado de R$ 13 reais no recipiente de 300ml, agora estão valendo quase o triplo.

Comentários