Foram 9 mortes a mais do que o mesmo período de 2019, segundo Anuário da Segurança Pública

Relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgado na últimas horas aponta que o número de assassinatos de mulheres no Acre subiu 50% no primeiro semestre de 2020 em relação ao mesmo período de 2019.
De janeiro a junho deste ano, foram registradas 27 violências letais contra acreanas. No ano passado foram 18.
Do total notificado em 2020, oito se encaixam no crime de feminicídio, homicídio praticado contra a mulher em decorrência do fato de ela ser mulher. Os demais se encaixam no tipo homicídio doloso.
Em contrapartida, a violência doméstica e sexual contra elas caiu no estado. A lesão corporal dolosa, por exemplo, teve redução de 38,6% e fechou o primeiro semestre com 226 registros contra 368 em 2019.

Já o total de estupro diminuiu de 159 no ano passado para 101 em 2020, uma redução de 36,5%,

Comentários