Conecte-se conosco

Acre

Volta do horário é lição de derrota aos coronéis de barranco, diz professora

Publicado

em

Da Redação, com Agência ContilNet

A sanção da Lei que garante a volta do horário antigo do Acre para o próximo dia 10 continua rendendo muitos comentários em redes sociais. Na manhã desta quinta-feira (31) a professora da Universidade Federal do Acre e socióloga, Letícia Mamed, usou seu perfil em uma rede social para falar sobre a volta do horário antigo.

“Finalmente! O antigo fuso horário do Acre já tem data para ser restabelecido: 10 de novembro de 2013. Muitos esperneiam suas preferências individualistas e egoístas. Outros tantos, a serviço do establishment e de interesses empresariais, financiados para tanto, cultivam mentiras, aterrorizando a população com o falso argumento de que a programação da TV será gravada”.

Segundo Letícia, críticas são importantes, principalmente no Acre:

“E eu apenas celebro a importância da crítica neste mundo e neste Acre em que tudo parece(ia) dominado. A autoritária mudança da hora, em junho de 2008, foi acompanhada pelo firme, engajado e corajoso processo de crítica, que hoje, após mais de cinco anos, venceu o tiranismo político e econômico dos coronéis de barranco do Acre”.

Letícia vai mais além e comenta sobre a importância das redes sociais no futuro da democracia no estado:

“A crítica ecoou, pelo mundo virtual e suas redes sociais, chegando até onde eles não existem. Tornou possível a realização do referendo, desafiou o aparelho estatal em uma campanha injusta de recursos e meios, mas jamais recuou. Depois ainda foi preciso superar as inúmeras e absurdas tentativas de descumprimento da vontade popular nas urnas, sempre bem orquestradas pelos derrotados”.

Manifestações como o Dia do Basta, que reuniu mais de 20 mil pessoas na região central de Rio Branco, não passaram despercebidas na publicação da socióloga:

“Em menos de seis meses, dois fatos e duas conquistas: a realização do Dia do Basta, da maneira e da proporção que foi; e o retorno do antigo fuso horário do Acre”.

A professora termina sua publicação afirmando que a decisão serviu como lição para muitos políticos do estado:

“Aos tipos políticos conservadores-esquizofrênicos, que perderam o contato com a realidade e mantêm como horizonte uma democracia meramente formal e institucional, mais uma significativa lição”.

Veja o post da professora da Ufac:

i067995_584

Comentários


Acre

Boletim da Sesacre registra 39 novos casos de Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informa que foram registrados 39 novos casos de coronavírus neste domingo, 4 de dezembro. O número de infectados notificados é de 154.710 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 361.546 notificações de contaminação pela doença, sendo que 206.826 casos foram descartados e 10 exames de RT-PCR aguardam análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 150.393 pessoas já receberam alta médica da doença.

Os dados da vacinação contra a covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS) e estão sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Nenhum óbito foi notificado neste domingo, 4, fazendo com que o número oficial de mortes por covid-19 permaneça em 2.032 em todo o estado.

Sobre os casos de covid-19 no estado, acesse:

BOLETIM_AC_COVID_04_12__2022

Sobre a ocupação de leitos no estado, acesse:
http://covid19.ac.gov.br/monitoramento/leitos

Comentários


Continue lendo

Acre

Mãe e filho se formam juntos em Enfermagem no Acre: “Realização de um sonho”

Publicado

em

O recém-enfermeiro explica como foram os 4 anos de faculdade que tornaram a mãe, uma colega de profissão
POR MATHEUS MELLO

Uma das grandes conquistas de uma pessoa na vida é sem sombras de dúvidas o diploma em uma gradução. Mateus Lima e sua mãe, Mauriete Lima realizaram esse sonho juntos e colaram grau na faculdade de Enfermagem, na última quinta-feira (30), em Rio Branco.

Ao ContilNet, o recém-enfermeiro explica como foram os 4 anos de faculdade que tornaram a mãe, uma colega de profissão.

“Fiz medicina durante quatro anos na Bolívia, de 2012 a 2016, mas infelizmente não tive condições de continuar, devido ao dólar que aumentou bastante, e aí voltei para o Brasil. E minha mãe teve a ideia de fazer enfermagem. Entramos na faculdade e passamos por todas as etapas juntos, estágio juntos, TCC e formamos juntos”, disse.

Mauriete é técnica de enfermagem e trabalha na saúde do Acre há 28 anos. O filho explica que sempre viu na mãe uma inspiração na vida pessoal e profissional.

“Por ela ser da área da saúde eu sempre via ela como minha inspiração, eu decidi trabalhar como ela, trabalhar bastante com algo que ama. É a realização de um sonho, poder trabalhar um dia junto com ela no mesmo lugar”, declara.

Os dois fazem parte da primeira turma do curso de Enfermagem, da UNIP, e iniciaram o curso em 2018.

Comentários


Continue lendo

Acre

Indígena é atingido por disparos de arma de fogo e vai a óbito em Sena Madureira

Publicado

em

Um novo confronto entre pessoas ligadas à facções rivais, registrado na manhã deste domingo (4), deixou mais um saldo negativo em Sena Madureira.

Informações preliminares apontam que um indígena identificado pelo nome de Fábio Alfredo Jaminawa, foi atingido por pelo menos três disparos de arma de fogo, sendo que um dos projéteis acertou a perna, e outros dois atingiram o quadril da vítima.

No momento do episódio, Fábio trafegava de bicicleta pela rua Maranhão, quando foi surpreendido por dois criminosos que estavam em uma motocicleta.

Após os disparos, os autores tomaram rumo ignorado, e a vítima, foi levada para o Pronto Socorro do Hospital João Câncio Fernandes, para receber atendimento médico, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos e foi a óbito.

Tão logo tomou conhecimento do ocorrido, a PM foi ao local e constatou que uma pessoa teria ficado gravimente ferida, e em seguida, iniciou os trabalhos com o intuito de prender os responsáveis pelo cometimento do crime.

Por Josué da Silva.

Comentários


Continue lendo

Em alta