fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

Tite explica presença de Daniel Alves e elogia nova geração ofensiva

Publicado

em

Técnico pontua papel tático do lateral e vê time equilibrado para Copa

Depois de anunciar os 26 convocados da seleção brasileira para a Copa do Mundo do Catar, nesta segunda-feira (7), no auditório da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o técnico Tite foi questionado, em entrevista coletiva, sobre a presença de Daniel Alves na lista. O lateral-direito, de 39 anos, atualmente defende o Pumas (México), mas não disputa uma partida oficial desde 24 de setembro e vem treinando com o time B do Barcelona (Espanha), atrás da melhor forma física. Ele é o jogador mais velho a ser chamado para defender o Brasil em um Mundial.

O veterano, que disputará o quarto Mundial da carreira, era dúvida, após ficar fora dos jogos contra Gana e Tunísia, nos dias 23 e 27 de setembro, os últimos antes da convocação desta segunda. Para começar a responder, Tite pediu ao preparador físico da seleção brasileira, Fábio Mahseredjian, que explicasse a ausência do lateral na ocasião, antes de justificar os papéis técnico e tático do jogador na equipe.

“O Dani não veio na convocação de setembro por causa de problemas físicos diagnosticados pelo nosso fisiologista. Ele estava com baixos níveis de potência e força. Dissemos a ele que precisava melhorar esses índices. E ele respondeu: missão dada é missão a ser cumprida. Ele mostrou grande evolução. Quero agradecer à comissão do Rafa Marquez [técnico do Barcelona B], que nos mostrou números que deram segurança no aspecto físico, mostrando que o Dani Alves, que treina com eles desde 12 de outubro, é o mesmo que esteve conosco em 2022 e na Olimpíada [em Tóquio, no Japão, no ano passado]. No aspecto físico, ele se encontra apto”, esclareceu Mahseredjian.

“As pessoas têm que entender que os laterais na equipe brasileira, na medida que temos pontas, são laterais construtores. A qualidade técnica individual que o Dani Alves empresta nesse sentido é impressionante, sendo um articulador, um organizador. Não temos nele um jogador que vai e volta. Essa é a função dele”, completou Tite.

Na outra ponta, o técnico brasileiro enalteceu a renovação do elenco que vai ao Catar, principalmente no setor ofensivo. Dos 26 convocados, 16 disputarão uma Copa pela primeira vez, sendo sete atacantes (entre os nove chamados): Vinícius Júnior, Rodrygo, Raphinha, Richarlison, Pedro, Antony e Gabriel Martinelli. Os demais estreantes são o goleiro Weverton, os zagueiros Bremer e Éder Militão, os laterais Alex Telles e Alex Sandro, os volantes Fabinho e Bruno Guimarães e os meias Lucas Paquetá e Everton Ribeiro.

“Quero bater na tecla do equilíbrio. Isso é fundamental não só no esporte, mas na vida. Temos uma geração de atletas de alto nível, que estão se convocando. Não sou ‘eu’, eles estão buscando e o fazem na medida que têm versatilidade. Priorizamos atletas importantes no meio para frente, sem fugirmos à ideia de termos uma equipe equilibrada. Para vencermos em alto nível, precisamos de criação e gols. Temos uma parcela maior de atletas convocados nesse sentido, mas a consistência defensiva gera o ponto de equilíbrio para vencermos”, comentou Tite, detalhando, em especial, a presença de Martinelli, o mais jovem da lista, com 21 anos e três meses.

“Martinelli é um externo, um ponta agressivo, que tem sido um dos destaques do Arsenal, líder da Premier League [Campeonato Inglês]. É um jogador de transições em velocidade, esteve conosco em duas convocações e veio mantendo o alto nível. É um atleta que [se encaixa] nas características, no modelo de jogo. Precisamos de jogadores incisivos pelos lados”, concluiu o treinador.

Os convocados se apresentam à seleção na próxima segunda-feira (14), em Turim (Itália), onde o grupo se concentrará por cinco dias no centro de treinamento da Juventus, antes da viagem para Doha (Catar). A estreia na Copa será no próximo dia 24, às 16h (horário de Brasília), no Estádio Lusail, contra a Sérvia. No dia 28, às 13h, o Brasil terá pela frente a Suíça, no Estádio 974. No dia 2 de dezembro, os comandados de Tite voltam ao Lusail, para encarar Camarões, às 16h, encerrando a participação no Grupo G, pela primeira fase.

Comentários

Cotidiano

Torneio Robélia Fernandes será disputado neste fim de semana no CIE

Publicado

em

Melhores atletas acreanos estão confirmados na competição

Começa a ser disputado neste sábado, 24, no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) o Torneio Robélia de Fernandes de Vôlei, nos naipes feminino e masculino. A competição é aberta e a intenção é promover entretenimento por meio do esporte para os amantes da modalidade.

“Vamos homenagear a professora Robélia, mãe do professor Joneudes. Os amantes do vôlei estão convidados para participar do evento. Vamos iniciar as disputas no sábado e no domingo faremos as finais”, disse a coordenadora da competição, Maria Luíza.

Apoios importantes

Maria Luíza destacou os apoios da Papelaria Globo, Sorveteria Zero Grau, Federação do Desporto Universitário, Tapera Caça e Pesca, Arena Car, Mega Tintas, Neném Almeida e Fundação Garibaldi Brasil.

“Conseguimos montar um torneio de excelente nível. O vôlei é um esporte amado pelos acreanos e promover os eventos coloca os atletas em quadra com a presença da torcida”, afirmou a coordenadora.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Copinha Arasuper com mais cinco partidas no ginásio do Sesc

Publicado

em

Garotada tem mostrado muita técnica nos confrontos da competição.

A primeira fase da 9ª Copinha Arasuper de Futsal terá sequência neste sábado, 24, a partir das 14 horas, no ginásio do Sesc, com mais cinco partidas pelas categorias Sub-10, 12 e 14. A competição tem 32 equipes na disputa e o torneio ainda reserva grandes confrontos.

“Vamos ter uma Copinha na edição de 2024 mais longa na primeira fase. Os dirigentes sabem da organização e aumentamos a premiação neste ano”, comentou o coordenador da Copinha, Auzemir Martins.

Partidas do Sub-14

Bangu x Cruz Azul

AME x Santa Cruz

Sub-12

Rei Artur x Conquista

Sub-10

Saúde e Lazer x Rei Artur

AME x AABB

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Volta a chover forte nas cabeceiras do Rio Acre, que volta a encher em Assis Brasil

Publicado

em

Vista aérea de Assis Brasil, acima da Colônia dos Pescadores, foi alcançada pelo rio nesta semana.

A vazante que foi registrada a partir das 20h30 dessa quinta-feira, 22, em Assis Brasil reverteu para enchente novamente a partir das 14h desta sexta-feira, 23, e faz aumentar a preocupação das autoridades com a situação no restante do curso do Rio Acre para os próximos dias.

Depois de transbordar na quinta-feira e atingir 12,56 metros, desabrigando centenas de famílias tanto no lado brasileiro quanto no Peru e na Bolívia, o Rio Acre começou a vazar e nesta sexta-feira, marcou 11,44 metros na medição do meio-dia.

Às 13 horas, no entanto, o rio estabilizou na cota anterior e passou a se elevar de novo no boletim seguinte, das 14 horas. Na última medição informada pela Defesa Civil, às 16h30, o nível na cidade estava em 11,55 metros.

Diante da situação, a prefeitura de Assis Brasil divulgou comunicado pedindo que as famílias que foram desabrigadas ou desalojadas não retornem agora para suas casas.

Comentários

Continue lendo






Em alta