Conecte-se conosco





Brasil

Sobe para 46 número de presos envolvidos em onda de ataques no Amazonas

Subiu para 46 o número de presos envolvidos na onda de ataques ocorridos no Amazonas no fim de semana. Segundo a Polícia Civil do Estado, na manhã desta sexta-feira (11) mais dois suspeitos de envolvimento em um incêndio ocorrido no prédio de uma delegacia, na Zona Norte de Manaus, foram detidos.

Publicado

em

Segundo a Polícia Civil do Estado, na manhã desta sexta-feira (11) mais dois suspeitos de envolvimento em um incêndio ocorrido no prédio de uma delegacia, na Zona Norte de Manaus foram presos

Subiu para 46 o número de presos envolvidos na onda de ataques ocorridos no Amazonas no fim de semana. Segundo a Polícia Civil do Estado, na manhã desta sexta-feira (11) mais dois suspeitos de envolvimento em um incêndio ocorrido no prédio de uma delegacia, na Zona Norte de Manaus, foram detidos. Um terceiro homem já havia sido preso pelo crime.

De acordo com o delegado Rafael Guevara, a polícia teve acesso às imagens de câmeras de segurança, que mostram os homens conduzindo uma moto próximo ao local e trajando as mesmas roupas dos suspeitos do crime. A polícia pediu à Justiça a prisão temporária dos dois homens, que foi concedida. Eles também foram alvos de dois mandados de busca e apreensão.

Os dois também são suspeitos de atuar no grupo criminoso envolvido no incêndio a dois ônibus do transporte coletivo nos bairros João Paulo II e Cidade de Deus. Outras quatro pessoas também estão sendo investigadas por participar da ação – não há informação se essas quatro pessoas foram presas.

Mais cedo, a Polícia Militar também prendeu dois homens suspeitos de participarem dos ataques criminosos no Careiro Castanho, no interior do Amazonas. Com a dupla foram apreendidos galões de combustível, drogas, munições e três armas. É a terceira prisão de envolvidos nos ataques criminosos em Careiro Castanho, que teve focos de incêndio em sete prédios públicos e um carro.

Onda de ataques

Manaus viveu uma onda de violência entre o fim da noite de domingo (6) e a madrugada de segunda-feira (7). Além de Manaus, nove cidades do interior do Amazonas também registraram ações criminosas.

A capital está sem registrar novos ataques desde a manhã de segunda. No interior, no entanto, houve registros violentos em algumas cidades, entre segunda e a madrugada de terça (8).

Tropas da Força Nacional que chegaram ao Amazonas para reforçar a segurança no estado já começaram a atuar nesta quinta-feira (10). As equipes estão trabalhando em barreiras nas ruas de Manaus.

Comentários

Em alta