Do ac24horas

Mais uma vez o governo de Sebastião Viana fechou um contrato milionário com a Ábaco Engenharia, do empresário Sérgio Nakamura, preso em maio do ano passado pela Polícia Federal, acusado de participação no esquema do G7, grupo de 15 empresas da construção civil do Acre e secretários de Estado denunciados por crime como falsificação, cartel em licitações e desvio de dinheiro público.

O contrato celebrado entre a empresa de Nakamura e o Depasa é de mais de  três milhões, para “implantação dos serviços de infra-estrutura” no Loteamento Sol Nascente, em Rio Branco.

Consciência ou não, o contrato milionário é destinado à execução do Ruas do Povo, o mais importante programa do atual governo, que transformou-se no epicentro do escândalo do G-7. Segundo a Polícia Federal, ruas eram pagas, mas não eram executadas.

Já Sérgio Nakamura, mesmo depois de ter sido preso, continua mantendo negócios milionários com o governo petista do Acre.

O empreiteiro chegou a ser apelido de “Nakatudo” pelo ex-oposicionista da FPA, Narciso Mendes, porque além de cargos no Deracre e na Secretaria de Infraestrutura dos governos de Jorge Viana e Binho Marques, Nakamura sempre abocanhou grandes obras no Estado, embora tenha uma ficha enorme de acusações de desvio de dinheiro público.

unnamed-38

Comentários