Um motorista de aplicativo Uber foi sequestrado por membros de facção e teve seu carro usado para cometer ataques a rivais na Estrada do Irineu Serra e no Loteamento Novo Horizonte, em Rio Branco.

Luiz Henrique Gomes dos Santos, de 26 anos, foi ferido com dois na noite desta quinta-feira (2), na frente de sua casa, localizada na rua da Hosana, no bairro João Eduardo 2, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

A polícia informou que Luiz, sua esposa e seu filho estavam na frente da residência conversando, quando dois homens não identificados em uma motocicleta, supostos membros de uma facção, se aproximaram e o garupa efetuou cerca de 7 tiros contra Luiz Henrique que foi atingido com dois projeteis. Após cometerem o crime, os bandidos fugiram do local. A esposa e o filho de Luiz saíram ilesos.

A vítima foi encaminhada por uma ambulância do SAMU ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

Motorista Uber é sequestrado por criminosos e veículo é usado para ferir duas pessoas no Novo Horizonte

A história se repete e mais um motorista de aplicativo Uber foi sequestrado no final da tarde desta quinta-feira (2), por membros de facção e teve seu carro usado para cometer ataques a rivais na Estrada do Irineu Serra e no Loteamento Novo Horizonte, em Rio Branco.

De acordo com informações repassadas a reportagem, o motorista recebeu uma chamada para pegar um ‘passageiro’ no bairro Cidade Nova e, quando o trabalhador chegou ao local indicado pela plataforma do Uber, membros de uma facção em posse de armas de fogo entraram no carro e anunciaram o assalto.

O motorista foi colocado dentro do bagageiro do veículo e não sofreu agressões por parte dos criminosos, que seguiram com o carro modelo Gol, de cor prata, para a região do bairro Tancredo Neves.

Por volta das 19h40, quando os criminosos chegaram na Estrada do Irineu Serra, encontraram um grupo de amigos que estavam conversando em via pública, um dos faccionários desceu do veículo e efetuou vários tiros em direção das vítimas. Na ação dos criminosos, os jovens Diego Miranda, de 22 anos e William da Silva Figueira, de 28 anos, foram feridos. Diego foi atingido com um tiro no abdômen e William foi ferido com 5 projeteis.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, prestou os primeiros atendimentos a William e o conduziu ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde grave. Já Diego foi levado por terceiros em um carro ao hospital.

Após a ação os faccionários fugiram do local e libertaram o motorista de aplicativo Uber que estava no bagageiro, em seguida, o trabalhador seguiu com o seu veículo até a Delegacia de Flagrantes (Defla) para registrar o Boletim de Ocorrência.

Os casos serão investigados pela Polícia Civil. Até o fim desta reportagem, nenhum dos criminosos foram presos.

Comentários