Última atualização do Boletim Sesacre, foram registrados, no último período de 24 horas, 333 novos casos positivos da doença, o que faz com o que o total nos 22 municípios tenham atingido o número de 14.048 pessoas infectadas, com 378 óbitos.

Por Raimari Cardoso

A regional do Alto Acre segue acompanhando o ritmo estadual da curva de contágios do novo coronavírus e já ultrapassou a marca dos 1.000 casos de covid-19, com 22 mortes registradas por complicações decorrentes da doença, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) na quinta-feira (2).

A média da incidência nos quatro municípios da regional, 1.630,0 por grupo de 100 mil habitantes, chega a ser maior do que a estadual, que é de 1.592,9 casos por 100 mil/hab. O índice de letalidade é de 2,32% enquanto a do estado é de 2,7%.

________________

O município com o maior número de casos é Brasiléia, com 422, mas a maior incidência está em Assis Brasil, com 2.642,6 por grupo de 100 mil habitantes, a mais elevada do estado. Em números absolutos, Xapuri é o segundo com mais casos na região, 250, e Epitaciolândia o último, com 180 diagnósticos positivos.

________________

Nos quatro municípios da regional, 419 pessoas já tiveram alta médica e 60 exames ainda aguardam resultado de análise pelo laboratório Lacen.

Os números do boletim estadual divergem, no entanto, dos dados divulgados pelos municípios, que lançam novos números em suas estatísticas antes do processamento pela Vigilância em Saúde Estadual.

Em todo o estado do Acre, de acordo com a última atualização do Boletim Sesacre, foram registrados, no último período de 24 horas, 333 novos casos positivos da doença, o que faz com o que o total nos 22 municípios tenham atingido o número de 14.048 pessoas infectadas, com 378 óbitos.

Comentários