Esquema especial de fim de ano inicia na sexta-feira (16), em Rio Branco.
Operação vai até o mês de março após o Carnaval, segundo a PRF.

Iryá Rodrigues

A Polícia Rodoviária Federal no Acre (PRF) inicia na sexta-feira (16) a operação para a prevenção de acidentes de trânsito nas rodovias federais durante os feriados de fim de ano e férias escolares.

prf na br 317O órgão alerta ainda para os cuidados necessários para evitar os acidente.

A ação, que segue até depois do Carnaval, vai contar com a integração de outros órgãos e intensificar a fiscalização nos trechos considerados críticos.

O inspetor chefe da PRF-AC, Nelis Newton, informou que a operação “Rodovida” deve ser realizada até o dia 5 de março, principalmente na BR-364, no perímetro urbano da capital acreana, Rio Branco.

“Foi feito um levantamento em todo o país e foi localizado ao menos 100 pontos críticos no Brasil, dentro desses pontos está o perímetro urbano de Rio Branco. Então, vamos dar uma maior atenção à essa área com a operação. A fiscalização normal ocorre nas duas rodovias (BR-364 e 317), mas o foco da operação é a BR-364 dentro da cidade de Rio Branco, que é onde ocorre maior quantidade de acidentes”, disse Newton.

Entre as condutas mais lesivas e que serão alvos da fiscalização do órgão policial na operação estão alcoolemia, excesso de velocidade e uso de equipamentos de segurança.

Segundo a PRF, diversas ações estão no cronograma e serão realizadas de forma integrada com órgãos estaduais e municipais.

“Durante o final do ano até o carnaval temos quatro operações, a operação Natal, Ano Novo, operação Férias Escolares e operação Carnaval. Essas quatro ações vão estar integradas na operação Rodovida, sempre contando com a parceria de outros órgãos de trânsito”, afirmou o inspetor.

Acidentes em 2015
A Polícia Rodoviária Federal no Acre (PRF-AC) registrou 93 acidentes nas BRs 364 e 317 durante o período de 16 de dezembro a 5 de março de 2015. Ao todo, 113 pessoas ficaram feridas nos acidentes e outras três morreram.

Dados da PRF-AC apontam que 11.224 pessoas foram abordadas e 8.728 veículos foram fiscalizados durante o período no ano passado. Além disso, 549 pessoas foram autuadas por infrações diversas.

A polícia realizou 3.146 testes de bafômetro durante a operação e 12 motoristas foram autuados por estarem dirigindo embriagados, outros três foram presos por embriaguez, já que os testes deram acima de 0,29 mg de álcool por litro de sangue.

Comentários