Foto: Senador Sérgio Petecão (PSD) se reúne com ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.
Foto: Senador Sérgio Petecão (PSD) se reúne com ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

O senador Sérgio Petecão (PSD) se reuniu nessa terça-feira (31) com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, para tratar sobre a segurança da fronteira do Brasil com a Bolívia – responsável por 90% da entrada de drogas e armas no país –, e do incentivo aos profissionais de segurança pública que prestam serviço na região.

Foi a primeira vez que Petecão e Alexandre estiveram juntos; o senador aproveitou a oportunidade e pediu para que o ministério mantivesse um relacionamento estreito com os interesses do povo acreano.

Sérgio Petecão alertou que a política internacional do Brasil com a Bolívia tem sido uma via de mão única, na qual o país sempre sai prejudicado. Ele destacou que o governo anterior fez vista grossa com a proteção das fronteiras. “Esse é o momento para mudarmos o tom do discurso que tivemos até agora”, disse.

O parlamentar defendeu a regulamentação imediata do adicional de fronteira para os policiais da região. “Será um gesto de valorização se conseguirmos dar celeridade à implementação. Além disso, é necessário encontrarmos uma forma de garantir melhor suporte aos policiais com relação à demanda por equipamento de qualidade”. O senador chegou a citar a importância de colocar à disposição da corporação um helicóptero. “Sabemos as dificuldades com relação ao acesso nas estradas acreanas, muitas vezes é o que impede uma fiscalização mais eficiente”, disse Petecão.

O ministro Alexandre de Moraes falou sobre a intenção do órgão em promover um trabalho coletivo em parceria do Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Defesa para uma ida in loco à região fronteiriça.

Comentários