Conecte-se conosco

Geral

Peeling de fenol: agressiva, queimadura química que ‘renova’ a pele não é indicada para todos e pode afetar até o coração; entenda os riscos

Publicado

em

Procedimento deve ser feito em centro cirúrgico e paciente deve ser monitorando. Dermatologista explica que o pós-procedimento é agressivo e não é fácil.

Peeling de fenol: antes e depois — Foto: Reprodução/Tik Tok

Peeling de fenol: antes e depois — Foto: Reprodução/Tik Tok

Viralizou nas redes sociais a publicação de uma clínica de estética e dermatologia de Caxias do Sul (RS) que mostrava como funciona o procedimento chamado peeling de fenol. No vídeo, que já teve mais de 17 milhões de visualizações no Tik Tok, a clínica mostra a evolução de uma paciente após o tratamento.

As imagens impressionam, já que o procedimento parece “queimar” a pele. Dias após a aplicação, a pele parece “se soltar” do rosto.

A dermatologista Edileia Bagatin, coordenadora do Departamento de Cosmiatria Dermatológica da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), explica que o peeling de fenol consiste na aplicação de uma solução que contém fenol, óleo de croton, água destilada e novisol.

Peeling de fenol: ‘queimadura química’ renova a pele e elimina as rugas

“Ele funciona como qualquer peeling químico. Ocorre uma queimadura química na pele da pessoa. De acordo com a concentração dos componentes, ele atinge uma profundidade maior ou menor na pele”, explica a dermatologista.

Apesar de ter viralizado, o peeling de fenol não é indicado para todos. Também não deve ser feito por qualquer profissional. Quando a aplicação correta não é respeitada, pode ser altamente perigoso.

“Ele só é indicado para pessoas de pele muito clara e com muitas rugas. O peeling de fenol é só para rugas, não serve para cicatrizes, por exemplo. Além disso, só médicos podem fazer o peeling – geralmente são os dermatologistas ou cirurgiões plásticos”, completa a coordenadora da SBD.

A aplicação deve ser feita em um centro cirúrgico com anestesia e monitoramento cardíaco, já que o fenol é cardiotóxico (apresenta efeito nocivo sobre a ação do coração) e pode provocar uma arritmia e até uma parada cardíaca. “O procedimento pode ser feito em ambulatório se a concentração for menor, apenas em áreas da face. Mas o paciente precisa sempre estar monitorado”, diz. As três principais contraindicações são para as pessoas que têm problemas cardíacos, renais ou pele morena.

O pós-procedimento não é fácil e é bem agressivo. O paciente vai sentir dor no local horas após a aplicação. No dia seguinte, o rosto fica muito inchado, como se fosse uma queimadura. Dependendo da profundidade (da concentração usada), ele começa a ter uma descamação e a pele começa a soltar após uma semana, 15 dias. Nesse período, é preciso ficar em casa, não pode sair ao sol e deve aplicar um hidratante emoliente na pele.

Segundo Bagatin, o efeito é duradouro. Começa a aparecer depois de 15 dias e vai melhorando ao longo do tempo. A pele fica rosada durante meses antes de o resultado surgir. No entanto, como dito acima, o procedimento deve ser feito com um profissional capacitado.

O procedimento não é brincadeira. Não deve ser feito em qualquer esquina. Aplicar por conta própria é um risco enorme, a pessoa pode ter uma parada cardíaca”, finaliza.

Comentários

Geral

Em Mâncio Lima, mulher acusada de ter matado a própria sobrinha é morta a facadas

Publicado

em

Por Alex William, do Mâncio Lima em Foco

Na tarde deste sábado, 26, uma mulher foi morta a facadas no bairro da Cobal, no município de Mâncio Lima.

A vítima, das iniciais S.S.P., de 28 anos, é acusada pela morte de uma adolescente, quando na companhia de outros criminosos teria matado a facadas Ana Clara da Silva Sampaio, de 15 anos, nas proximidades do clube Paquera no dia 04 de novembro de 2020.

O corpo da mulher foi recolhido pelos peritos do Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Polícia Civil de Mâncio Lima, sob o comando do delegado José Obetânio.

Comentários

Continue lendo

Geral

Músico Diogo Soares apresenta projeto de show autoral em escolas de Rio Branco

Publicado

em

Financiado pelo Fundo Municipal de Cultura da FGB-PMRB, projeto será apresentado a alunos do EJA

O cantor e compositor Diogo Soares, vocalista da banda Los Porongas, inicia uma série de apresentações em escolas públicas municipais de Rio Branco a partir desta sexta-feira (25). Serão cinco shows, programados para os dias 25, 29 e 30 de novembro, e 01 e 06 de dezembro. As apresentações fazem parte do projeto “Música, Papo e Palco Aberto nas Escolas”, que é financiado pelo Fundo Municipal de Cultura da FGB-PMRB e tem o apoio da Secretaria Municipal de Educação (SEME), através da coordenadoria do EJA, e da Gênesis Produções.

Atualmente Diogo está em fase de preparação do seu primeiro disco solo e pretende levar aos estudantes um mosaico do seu trabalho, com canções que fizeram sucesso e novas composições, que tem na poesia a ferramenta fundamental para a transformação da realidade.

O projeto, que será apresentado a alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) das escolas Monte Castelo (25/11), Caminho de Luz (29/11), Ilson Ribeiro (30/11), Juvenal Antunes (01/12) e Anice Dib Jatene (06/12) será no formato pocket show, com apresentação autoral de Soares e palco aberto para a participação dos estudantes, com início sempre às 19h. O show conta ainda com a participação especial do cantor e compositor Savnes, irmão de Diogo. Ao fim de cada apresentação, o vocalista da banda Los Porongas abrirá uma roda de conversa com os alunos, professores e funcionários das escolas.

“Uma das coisas mais legais desse projeto é que nos shows vou poder contar com a participação de toda a comunidade escolar, sejam alunos, professores e todos os demais servidores. Na escola Anice Dib Jatene, por exemplo, uma servidora vai cantar Pingos de Amor, do Paulo Diniz comigo. Estou muito feliz”, confessou um animado Diogo Soares.

Ficha Técnica:

O projeto tem produção executiva da atriz Sacha Alencar, cobertura de mídias sociais de Lucas Cavalcante, Design Gráfico, still e cobertura audiovisual de Samuel Moura e da Gênesis Produtora.

Comentários

Continue lendo

Geral

CIE recebe finais do Estadual de futsal 11, 13 e 15

Publicado

em

PHDEsporteClube

Serão disputadas neste sábado, 26, a partir das 14 horas, no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) as finais dos campeonatos Sub 11, 13 e 15 promovidos pela Federação Acreana de Futsal (Fafs).

“Pensamos a programação para promover uma grande festa do futsal. Vamos fechar mais três competições e mesmo com pouco tempo de trabalho, estamos realizando os torneios programados”, disse o presidente da Fafs, Rafael do Vale.

Todas as finais

O Fluminense/CT Furacão do Norte vai disputar as finais das três categorias.

“Realizamos um trabalho bem consistente na base. O esporte abre portas e precisamos de mais incentivo para as nossas escolinhas”, disse o técnico Bruno Melo.

Duelos decisivos

Flu/CT Furacão x AME (Sub 15)

Flu/CT Furacão x Volta Redonda/CT Edson (Sub 13)

Flu/CT Furacão x ABC/Bola 15 (Sub 11)

Comentários

Continue lendo

Em alta