Bombeiros e moradores andaram por cerca de 2 horas e não encontraram nenhum objeto suspeito

Militares do Corpo de Bombeiros e paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) se deslocaram para o local em que foram acionados por moradores da zona rural do município do Bujari nesta quinta-feira, 19, para procurar uma aeronave que, possivelmente, pode ter caído próximo ao quilômetro 18 do ramal do Espinhara, situado na estrada que liga a cidade a Sena Madureira. Eles andaram por cerca de 2 horas mata adentro, mas não encontraram nada que remetesse ao acidente.

A reportagem do ac24horas está no local em que os bombeiros e o Samu montaram uma base de apoio enquanto outros militares adentraram a floresta em busca de pistas sobre a veracidade do acidente envolvendo um avião. Ao Corpo de Bombeiros, dois moradores da região, identificados como Antônio e Alberto, disseram que ouviram um barulho atípico, como se fosse a queda de um avião.

As equipes dos bombeiros chegaram ao local por volta do meio-dia desta quinta-feira, 20, e desde então ficaram a procura de pistas sobre o ocorrido. Na base de apoio, havia viatura do Samu e profissionais de prontidão, para caso se confirmasse o acidente.

Apenas Antônio e Alberto relataram ter ouvido o suposto barulho que o fizeram acionar os militares. Por enquanto, ainda não há confirmação da queda do avião. Um grupo de ao menos 10 pessoas, entre moradores e bombeiros, retornou à base de apoio no final da tarde de hoje sem confirmar o acidente. As equipes cogitaram dormir no local esta noite e continuar as buscas nesta sexta-feira (21).

Comentários