Moraes parabenizou os servidores do instituto e dizer que é preciso trabalhar políticas de reforma agrária que contemplem os brasileiros que moram na Bolívia.

Deputado Manoel Moraes (PSB)/Foto: Assessoria Aleac
Deputado Manoel Moraes (PSB)/Foto: Assessoria Aleac

Da redação, com Gina Menezes

Durante a sessão de quarta-feira (22), em homenagem ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o deputado estadual Manoel Moraes (PSB) usou a tribuna para parabenizar os servidores do instituto e dizer que é preciso trabalhar políticas de reforma agrária que contemplem os brasileiros que moram na Bolívia.

O deputado também defendeu a valorização profissional dos servidores. “O Incra está de parabéns pelos 43 anos, mas não podemos esquecer que precisamos valorizar melhor os valorosos servidores e voltar-nos para a questão de regulamentar terras para os brasileiros que ainda estão na Bolívia”, ressaltou.

Moraes afirmou que é urgente que a direção do instituto dê prioridade aos brasileiros que moram em terras bolivianas e que desejam voltar ao País. “Não podemos permitir que nossos irmãos brasileiros vivam na Bolívia. É um absurdo que nossos irmãos brasileiros vivam de favor na Bolívia”, declarou.

Enfatizando que é preciso uma política salarial que seja mais justa com os servidores, o deputado reafirmou sua admiração para com os mesmos. “É preciso reconhecer o trabalho dos servidores e para isto é preciso valorização salarial”, disse.https://mail.google.com/mail/images/cleardot.gif

Comentários