fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

Imperador Galvez completa 13 anos

Publicado

em

Imperador Galvez – vice-campeão acreano da Segunda Divisão/2011. Em pé, da esquerda para a direita: Zidane, William, Esquerdinha, Railton, Igor, Velásquez e Artur Oliveira (técnico). Agachados: Marcinho, Tom, Joel, Marquinhos Bombeiro, Anailton e Pablo Simões. Foto/Manoel Façanha

MANOEL FAÇANHA

O Imperador Galvez completou nesta semana, 13 anos de história no meio futebolístico acreano. O nome do clube é inspirado na história do poeta, diplomata e explorador espanhol Luís Gálvez Rodrígues de Arias.

Idealista e destemido, Luís Galvez fundou a República Independente do Acre no dia 14 de julho de 1899, justificando que “não podendo ser brasileiros, os seringueiros acreanos não aceitavam tornar-se bolivianos”. Implantou o governo do país, que os Estados Unidos classificaram como um país da borracha.

Com a proeza, Galvez passou a ser chamado de Imperador do Acre. No curto período de governança, ele instituiu as Armas da República, a atual bandeira, organizou ministérios, criou escolas, hospitais, um exército, corpo de bombeiros, exerceu funções de juiz, emitiu selos postais e idealizou um país moderno para aquela época, com preocupações sociais, de meio ambiente e urbanísticas. Também baixou decretos e enviou despachos a todos os países da Europa, além de designar representantes diplomáticos.

Por força do Tratado de Ayacucho, assinado em 1867 entre o Brasil e a Bolívia, Luis Gálvez rendeu-se à força-tarefa da marinha de guerra do Brasil no dia 11 de março de 1900, na sede do seringal Caquetá, às margens do rio Acre, para depois ser exilado em Recife, Pernambuco. Mais tarde foi deportado para a Europa.

Não satisfeito, anos depois, Galvez retornou ao Brasil, mas foi deporto pelo Governo do Amazonas para o Forte de São Joaquim do Rio Branco, hoje estado de Roraima, de onde fugiria tempos depois. Morreu na Espanha.

Fundação ocorreu dia 09 de fevereiro de 2011

Inspirado por outros clubes militares acreanos (Associação Atlhética Militar, Duque de Caxias, Militar FC entre outros), mas já extintos, o então Governado do Acre, o médico Tião Viana, juntamente com um grupo de militares, resolveu então criar o Imperador Galvez, precisamente dia 9 de fevereiro de 2011.

Menos de seis meses após a fundação, o Imperador Galvez já estava em campo disputando o Campeonato Acreano da 2ª Divisão. O acesso ficou bem perto, mas a vaga na elite escapou na decisão contra o Andirá, ao perder por 1 a 0. No ano seguinte, o sonho do acesso continuou vivo e, após gols do lateral direito Januário e do atacante Tonho Cabaña na decisão contra o Vasco da Gama, o Imperador carimbou o acesso.

Diego Alberto (ao fundo) comemora com demais jogadores e comissão técnica do Galvez, o título de campeão da segundinha 2012 . Foto/Manoel Façanha.

Inserido na elite a partir da temporada 2013, o clube chegou a bater na trave por três oportunidades (2015, 2018 e 2019) antes de erguer a taça de campeão, precisamente na temporada 2020. Em competições nacionais o Imperador já conta com várias participações em copas do Brasil e Verde, assim como Série D.

Comentários

Cotidiano

Torneio Robélia Fernandes será disputado neste fim de semana no CIE

Publicado

em

Melhores atletas acreanos estão confirmados na competição

Começa a ser disputado neste sábado, 24, no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) o Torneio Robélia de Fernandes de Vôlei, nos naipes feminino e masculino. A competição é aberta e a intenção é promover entretenimento por meio do esporte para os amantes da modalidade.

“Vamos homenagear a professora Robélia, mãe do professor Joneudes. Os amantes do vôlei estão convidados para participar do evento. Vamos iniciar as disputas no sábado e no domingo faremos as finais”, disse a coordenadora da competição, Maria Luíza.

Apoios importantes

Maria Luíza destacou os apoios da Papelaria Globo, Sorveteria Zero Grau, Federação do Desporto Universitário, Tapera Caça e Pesca, Arena Car, Mega Tintas, Neném Almeida e Fundação Garibaldi Brasil.

“Conseguimos montar um torneio de excelente nível. O vôlei é um esporte amado pelos acreanos e promover os eventos coloca os atletas em quadra com a presença da torcida”, afirmou a coordenadora.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Copinha Arasuper com mais cinco partidas no ginásio do Sesc

Publicado

em

Garotada tem mostrado muita técnica nos confrontos da competição.

A primeira fase da 9ª Copinha Arasuper de Futsal terá sequência neste sábado, 24, a partir das 14 horas, no ginásio do Sesc, com mais cinco partidas pelas categorias Sub-10, 12 e 14. A competição tem 32 equipes na disputa e o torneio ainda reserva grandes confrontos.

“Vamos ter uma Copinha na edição de 2024 mais longa na primeira fase. Os dirigentes sabem da organização e aumentamos a premiação neste ano”, comentou o coordenador da Copinha, Auzemir Martins.

Partidas do Sub-14

Bangu x Cruz Azul

AME x Santa Cruz

Sub-12

Rei Artur x Conquista

Sub-10

Saúde e Lazer x Rei Artur

AME x AABB

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Volta a chover forte nas cabeceiras do Rio Acre, que volta a encher em Assis Brasil

Publicado

em

Vista aérea de Assis Brasil, acima da Colônia dos Pescadores, foi alcançada pelo rio nesta semana.

A vazante que foi registrada a partir das 20h30 dessa quinta-feira, 22, em Assis Brasil reverteu para enchente novamente a partir das 14h desta sexta-feira, 23, e faz aumentar a preocupação das autoridades com a situação no restante do curso do Rio Acre para os próximos dias.

Depois de transbordar na quinta-feira e atingir 12,56 metros, desabrigando centenas de famílias tanto no lado brasileiro quanto no Peru e na Bolívia, o Rio Acre começou a vazar e nesta sexta-feira, marcou 11,44 metros na medição do meio-dia.

Às 13 horas, no entanto, o rio estabilizou na cota anterior e passou a se elevar de novo no boletim seguinte, das 14 horas. Na última medição informada pela Defesa Civil, às 16h30, o nível na cidade estava em 11,55 metros.

Diante da situação, a prefeitura de Assis Brasil divulgou comunicado pedindo que as famílias que foram desabrigadas ou desalojadas não retornem agora para suas casas.

Comentários

Continue lendo






Em alta