fbpx
Conecte-se conosco

Esporte

Fluminense estreia com empate fora de casa na Libertadores

Publicado

em

Na mesma cidade onde conquistou a Glória Eterna no ano passado, o Fluminense iniciou sua trajetória na Conmebol Libertadores 2024 nesta quarta-feira. O atual campeão dominou as ações e pressionou até o fim em busca da vitória, mas acabou empatando por 1 a 1 com o Alianza Lima no Estádio Alejandro Villanueva, em Lima, no Peru. O gol tricolor foi marcado por Marquinhos, seu primeiro pelo clube.

O Fluminense retornará aos gramados na próxima terça-feira, em sua estreia em casa na competição continental. O duelo no Maracanã pela segunda rodada do Grupo A será contra o Colo-Colo, do Chile, às 21h.

**Primeiro Tempo:**
No primeiro tempo, as equipes se estudaram e arriscaram pouco nos primeiros minutos. O Fluminense teve sua primeira chegada ao ataque aos 8 minutos, com Marquinhos construindo uma boa jogada pela direita. Aos 28, o Tricolor chegou com perigo novamente, mas o Alianza Lima abriu o placar aos 34 em um contra-ataque, surpreendendo a equipe brasileira.

**Segundo Tempo:**
Na etapa complementar, o Fluminense buscou triangulações para furar a defesa adversária. Aos 26 minutos, Marquinhos cabeceou após cobrança de escanteio de Douglas Costa, empatando o jogo. O gol motivou a equipe que pressionou em busca da virada, criando diversas oportunidades de gol. No entanto, a defesa do Alianza Lima se mostrou sólida e impediu a virada do Tricolor até o apito final.

Mesmo com o empate, o Fluminense demonstrou um bom desempenho e agora se prepara para o próximo desafio em casa. A torcida tricolor espera por uma grande atuação na sequência da Libertadores, em busca de mais uma campanha vitoriosa no torneio continental.

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo

Esporte

Galo faz a festa na Arena MRV com goleada sobre o Cruzeiro pelo Brasileirão

Publicado

em

Por

Na noite deste sábado (20.04), a torcida do Atlético-MG, presenciou um verdadeiro banho de bola na Arena MRV. Em jogo válido pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2024, o Galo goleou o rival Cruzeiro por 3 a 0, em uma partida memorável.

O técnico Gabriel Milito surpreendeu com mudanças na escalação, destacando a participação de Rodrigo Battaglia na defesa e a excelente atuação de Zaracho, Paulinho e Guilherme Arana no ataque. O primeiro gol foi uma pintura, com Zaracho marcando de bicicleta. Em seguida, Hulk e Paulinho ampliaram o placar, levando a equipe alvinegra a uma vitória por 3 a 0 ainda no primeiro tempo.

Com um público de 39.541 pessoas e uma renda de R$ 2.151.652,52, o Atlético-MG dominou a partida, com destaque para a zaga sólida e a atuação brilhante de Otávio em seu 100º jogo pelo clube.

No segundo tempo, o Galo controlou o jogo com inteligência, garantindo a vitória e deixando a Massa feliz da vida. Agora, o foco se volta para a Copa Conmebol Libertadores, com um próximo confronto na Arena MRV contra o Peñarol, na terça-feira, às 21h.

Com uma atuação impecável e um resultado histórico, o Atlético-MG demonstrou sua força e determinação, conquistando uma importante vitória sobre o rival Cruzeiro e encantando seus torcedores.

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo

Esporte

Grêmio vence o Cuiabá com gol de Franco Cristaldo e conquista segunda vitória seguida no Brasileirão

Publicado

em

Por

O Grêmio venceu a segunda partida consecutiva no Campeonato Brasileiro! Neste sábado, contra o Cuiabá, em jogo válido pela 3ª rodada do campeonato nacional, o Tricolor chegou aos seis pontos em nove disputados. Dentro de campo, mais uma partida onde o meia Franco Cristaldo foi o nome do gol que deu a vitória ao Tricolor!

Com jogo decisivo na próxima terça-feira pela CONMEBOL Libertadores da América contra o Estudiantes de La Plata, o técnico Renato Portaluppi optou por uma equipe mista, com cinco alterações em relação ao time que venceu o Athletico Paranaense no início da semana.

Confira como foi o jogo:

Primeiro tempo

A primeira finalização da partida foi do time visitante na Arena. Após receber às costas da zaga gremista, o atacante Isidro Pitta deu o passe rasteiro para trás, onde estava posicionado o meia Rikelme, que chegou chutando. Contudo, a bola respingou na zaga gremista e sobrou para o lateral Matheus Alexandre, que cortou a marcação e finalizou de canhota contra a meta do goleiro Marchesin, que se atirou mas não chegou a tocar na bola antes de sair pela linha de fundo.

Aos 8’, o Grêmio teve sua primeira chegada através do atacante Soteldo, que driblou o marcador e finalizou de longa distância, mas a bola foi no centro do gol, o que facilitou a vida do goleiro Walter, do Cuiabá. Três minutos depois, o venezuelano deu um susto na torcida Tricolor. Ao dominar uma bola, Soteldo ergueu o braço reclamando de dores no tornozelo em virtude de uma chegada mais forte que havia sofrido minutos antes. Pra alívio da torcida na Arena, tudo ok com o pequeno gigante.

Com o jogo truncado, as faltas começaram a aparecer com muita frequência. Após Denilson levar cartão amarelo, foi a vez do volante Fernando Sobral receber a advertência do juiz por falta dura cometida sobre o paraguaio Villasanti.

Aos 17’, em disputa aérea no ataque gremista, o zagueiro Gustavo Martins e o lateral Allan Empereur se chocaram de cabeça e receberam atendimento médico. No lance, o atleta do Cuiabá levou a pior e precisou ser substituído. De acordo com as novas regras da CBF para os campeonatos nacionais, se algum atleta precisar deixar o campo após um choque de cabeça, a substituição pode ser efetuada sem que conte entre as cinco previstas para cada equipe. Com isso, ambos times podem fazer uso de uma sexta troca na partida.

No minuto seguinte, quase que o Cuiabá abre o placar. Em falha defensiva, a bola sobrou para Isidro Pitta, que chutou cruzado para dentro da pequena área, onde estava posicionado Jhonatan Cafú que, de primeira, finalizou contra a meta gremista. O goleiro Marchesin estava muito bem posicionado e fez uma grande defesa pra salvar o Tricolor!

Aos 22’, o Grêmio teve chance de abrir o placar na Arena. Após cruzamento fatiado de Soteldo, o centroavante João Pedro Galvão subiu para cabecear entre os zagueiros do Dourado, mas apenas raspou na bola, o que foi suficiente para tirar o goleiro Walter da jogada. Caprichosamente, a bola passou rente à trave esquerda do Cuiabá. Quase o primeiro do Grêmio!

Aos 40’, quase que o Grêmio marca um golaço na Arena. Após excelente passe aéreo de Villasanti, João Pedro Galvão dominou no peito e, de costas para o gol, arriscou uma bicicleta por cobertura do goleiro Walter, que conseguiu salvar o Cuiabá. Quase um golaço na Arena!

O Grêmio foi pra cima e, três minutos depois, chegou ao primeiro gol da partida. Ao dominar a bola na intermediária ofensiva, o meia Franco Cristaldo viu o centroavante João Pedro Galvão se intrometer entre os zagueiros do Cuiabá e arriscou um lançamento calibrado com GPS para o centroavante. Porém, a rota foi levemente desviada: a bola que deveria ir para a cabeça do centroavante acabou indo direto para o fundo das redes do adversário! É isso que conta! Bola na rede, três pontos na conta, Cristaldo cada vez mais artilheiro na temporada 2024! Um a zero Grêmio na Arena!

Aos 48 minutos, o árbitro da partida encerrou o papo no primeiro.

Segundo tempo

Sem substituições, as equipes retornaram para a segunda etapa.

Logo na primeira chegada do Grêmio, o lateral José Guilherme disputou espaço em velocidade com o zagueiro Marllon, que tentou cabecear a bola para a linha lateral, mas os dois atletas acabaram se chocando de cabeça, o que gerou preocupação para ambos departamentos médicos. O lateral gremista levou a pior e acabou levando um corte na cabeça no lance. Que susto!

Aos seis minutos, boa jogada do Grêmio pela direita. Após investir em velocidade pelo lado esquerdo, Gustavo Nunes fez um cruzamento na medida para Soteldo, que finalizou de primeira, mas a bola passou por cima do gol defendido por Walter.

Dois minutos depois, o técnico Renato precisou fazer sua primeira alteração na partida. O lateral José Guilherme não conseguiu prosseguir no jogo em função do forte choque com o zagueiro do Cuiabá. Em seu lugar, Fabio ingressou no jogo.

Aos 12’, o Grêmio teve ótima chance de ampliar o placar, dessa vez, com Villasanti. Após bom drible dentro da área, o volante tentou o chute, a bola desviou e perdeu força antes do goleiro Walter fazer a defesa. Com o Cuiabá se abrindo pro jogo, o Grêmio ganhou mais campo para investir com perigo. Em jogada de JP’s, o atacante esticou o passe para o lateral, que limpou a marcação e finalizou cruzado. A bola acertou a rede pelo lado de fora.

Aos 17’, mais uma polêmica envolvendo a arbitragem no campeonato. Em cruzamento de Fabio pela direita, o zagueiro Marllon interceptou com o corpo, mas a bola acabou correndo pelo braço esquerdo do defensor do Cuiabá. Apesar da reclamação da torcida e jogadores, nada foi marcado.

O técnico Renato Portaluppi colocou no jogo os atacantes Everton Galdino e Nathan Fernandes nos lugares do autor do gol Franco Cristaldo e do atacante João Pedro Galvão. Aos 33’, o atacante Everton Galdino disputou a posse de bola com André Luis, que acabou caindo no gramado. Na sequência, Galdino foi afastar a bola do campo de defesa e chutou a bola no próprio atleta do Cuiabá, que estava caído. O juiz da partida deu cartão amarelo para Galdino.

O treinador gremista também colocou em campo os volantes Dodi e Ronald pra fechar a casinha nos minutos finais da partida. Aos 46’, o Cuiabá chegou com perigo através de uma cabeçada de Derik Lacerda, que passou à direita do gol defendido por Marchesin.

Aos 50’, após uma marcação equivocada da arbitragem, o zagueiro Kannemann, que estava no banco de reservas, acabou tomando cartão amarelo por reclamação, segundo o árbitro.

Clima tenso no fim do jogo, mas com vitória Tricolor! Aos 52’, o juiz encerrou a partida! Três pontos importantes para o Grêmio, que chegou à vice-liderança momentânea da competição.

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo

Esporte

Red Bull Bragantino vence Corinthians e assume a liderança provisória do Brasileirão

Publicado

em

Por

O Red Bull Bragantino segue invicto no Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado (20), no Nabizão, o Massa Bruta venceu o Corinthians por 1 a 0 com gol do atacante Vitinho. Com este resultado, o Braga subiu para os sete pontos, na liderança provisória do Nacional.

A equipe bragantina dá uma pausa no Brasileirão para focar na Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira (24), o Braga recebe o Sportivo Luqueño (PAR) pela terceira rodada da fase de grupos da competição. A partida será realizada às 21 horas.

O jogo

A partida começou quente em Bragança Paulista. O time visitante assustou o Braga logo no primeiro minuto com um chute de Garro, mas Cleiton espalmou a forte finalização. O Massa Bruta não demorou para responder e abriu o placar logo na sequência.  Aos 4 minutos, Vitinho recebeu grande passe de Bruno Gonçalves na entrada da área, deu o corte para a perna direita e bateu colocado na bochecha da rede, sem chance de defesa para Cássio.

O Braga não diminuiu o ritmo e quase ampliou aos 7 minutos. Depois de efetuar o desarme na saída de bola rival com Eric Ramires, Sasha passou para Henry e viu a zaga rival fazer o corte parcial. Bem posicionado, Ramires ficou com a sobra e bateu rasteiro, mas Cássio fez a defesa. Dois minutos depois, Gustavo Neves bateu de longe, porém a bola subiu muito e saiu pela linha de fundo.

O jogo ficou mais disputado na faixa central do campo após o gol do Braga. A equipe de Bragança Paulista voltou a finalizar apenas aos 37 minutos. Depois de receber de Sasha, Vitinho disparou na esquerda, invadiu a área e bateu cruzado. O chute rasteiro desfilou na pequena área e saiu ao lado da trave oposta.

Ainda aos 44 minutos, Juninho fez a função de pivô e tocou para Andrés Hurtado na entrada da área. O equatoriano soltou uma pancada cruzada, porém a finalização rasteira saiu pela linha de fundo.

O Braga voltou do intervalo assustando o oponente aos 7 minutos. Vitinho atravessou a bola na área, Sasha ajeitou e Ramires bateu de direta, porém Cássio conseguiu encaixar a finalização.

A equipe corintiana respondeu no minuto seguinte com um chute forte de Fausto Vera, mas Cleiton saltou para espalmar a batida de fora da área. O Corinthians chegou a marcar o que seria o gol de empate com Pedro Henrique, aos 16 minutos, mas a jogada foi anulada por posição irregular do atacante.

Cleiton teve outro momento de destaque aos 24 minutos. Após sobra de bola na entrada da área bragantina, Wesley trouxe para a perna esquerda e bateu rasteiro, obrigando Cleiton a espalmar sem deixar que o oponente ficasse com o rebote.

A partir daí, o jogo foi ficando cada vez mais truncado e nenhuma chance clara de gol foi criada. O Braga segurou as investidas do Corinthians e conseguiu sua quarta vitória seguida diante do rival paulista.

FICHA TÉCNICA

Red Bull Bragantino 1 x 0 Corinthians

Local: Nabizão;
Público: 9.613;
Renda: R$ 490.705,00;
Árbitro: Rafael Rodrigo Klein-RS (FIFA);
Assistentes: Tiago Augusto Kappes Diel-RS e Lucio Beiesdorf Flor-RS;
Cartões amarelos: Douglas Mendes e Eduardo Sasha (Red Bull Bragantino); Pedro Henrique (COR);
Gol: Vitinho, aos 4min do 1ºT (Red Bull Bragantino).

Red Bull Bragantino: Cleiton; Andrés Hurtado, Douglas Mendes, Luan Cândido e Juninho Capixaba; Jadsom, Eric Ramires (Henry Mosquera) e Gustavo Neves (Thiago Borbas); Bruno Gonçalves (Raul), Sasha (Lucas Cunha) e Vitinho (Nacho). Técnico: Pedro Caixinha.

Corinthians: Cássio; Matheuzinho, Félix Torres, Raul Gustavo e Hugo (Wesley); Raniele, Fausto Vera (Paulinho), Igor Coronado (Romero) e Garro (Breno Bidon); Pedro Henrique (Yuri Alberto) e Pedro Raul. Técnico: António Oliveira.

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo