fbpx
Conecte-se conosco

Esporte

Fortaleza estreia com vitória na Sul-America

Publicado

em

Na estreia da Sudamericana, o Fortaleza venceu o Sportivo Trinidense por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (3) no Estádio Defensores del Chaco no Paraguai. Thiago Galhardo marcou no primeiro tempo e Yago Pikachu fechou o placar. O grande resultado dá a liderança isolada ao Leão no Grupo D com três pontos.

Logo nos primeiros minutos, o Fortaleza foi letal. Machuca fez grande jogada e deu bom passe para Thiago Galhardo bater cruzado e abrir o placar. O Leão dominava as jogadas criativas e bem trabalhadas. Machuca quase ampliou após boa visão de Galhardo, que achou o atacante sozinho, mas o goleiro defendeu. Aos 34′, Tomás Pochettino teve também grande chance chutando uma bola no travessão. No fim da primeira etapa, Pochettino fez boa jogada em velocidade, cruzou para Galhardo, que cabeceou na trave. 

O segundo tempo foi dominado pelo time paraguaio e o Leão se defendeu com grandes interceptações de João Ricardo. Porém, teve boa chance bem no recomeço da partida. A bola sobrou para Machuca, que finalizou para fora. Dessa forma, o Trinidense começou a pressionar com chutes Salcedo, Andrada e cabeçada de Juan Vera. Aos 36′, já com cartão amarelo, Escobar recebeu o segundo e foi expulso. Em seguida, Galhardo quase amplia. O camisa 91 disparou em velocidade, driblou e chutou para a defesa do goleiro. Vojvoda fez mudanças colocando Bruno Pacheco, Lucas Sasha, Pedro Rocha e Zé Welison. E nos minutos finais, Pedro Rocha fez boa jogada e tocou para Yago Pikachu, que recebeu livre para bater cruzado e fechar o marcador. O Laion vence a primeira na CONMEBOL Sudamericana na estreia!

FICHA TÉCNICA

Sportivo Trinidense-PAR 0x2 Fortaleza

CONMEBOL Sudamericana – Fase de Grupos – 1ª Rodada
03/04/2024 – 21h – Estádio Defensores del Chaco
Arbitragem: Francisco Gilabert

Gols: Thiago Galhardo e Yago Pikachu (Fortaleza)
Cartões Amarelos: Brítez e Escobar (Fortaleza); César Benítez e Mendoza (Sportivo Trinidense)
Cartões Vermelhos: Gonzalo Escobar (Fortaleza).

Fortaleza: João Ricardo; Kuscevic, Brítez e Tomás Cardona; Yago Pikachu, Pedro Augusto (Lucas Sasha), Kauan (Zé Welison) e Escobar; Pochettino (Pedro Rocha); Machuca (Hércules) e Thiago Galhardo (Bruno Pacheco). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Sportivo Trinidense: Samudio; César Benítez, Gilberto Flores, Juan Vera e Mendoza; Salcedo (Luíz del la Cruz), Riveros, Rayer (Joel Román) e Andrada (Delvalle); Sinisterra (Fernando Romero) e Óscar Giménez (Alan Pereira). Técnico: José Arrúa

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo

Esporte

Flamengo sofre derrota para o Bolívar na Libertadores

Publicado

em

Por

Na altitude de mais de 3.600 metros de La Paz, o Flamengo enfrentou o Bolívar em um jogo válido pela terceira rodada do Grupo E da Libertadores e acabou sendo derrotado por 2 a 1, no estádio Hernando Siles, nesta quarta-feira (24).

O único gol rubro-negro foi marcado por Viña. O resultado quebrou a série invicta de 22 partidas do Rubro-Negro nesta temporada, sendo uma derrota duramente sentida pela equipe.

O jogo iniciou com o Bolívar pressionando e abrindo o placar logo no primeiro minuto com Chico. O Flamengo reagiu prontamente, empatando aos quatro minutos com um belo gol de Viña.

Os bolivianos aproveitaram a altitude para controlar a posse de bola e criar oportunidades no ataque, enquanto o Mengão buscava se adaptar e apostar nos contra-ataques.

No segundo tempo, o Bolívar manteve o domínio e marcou o segundo gol aos 16 minutos com Bruno Sávio. O Flamengo buscou reagir com alterações no time, mas não conseguiu evitar a derrota, sofrendo sua primeira derrota na temporada.

A atuação do Flamengo foi marcada pela dificuldade em lidar com a altitude e pela falta de efetividade no campo, mesmo diante de uma equipe bastante modificada. A derrota expôs a vulnerabilidade do time em enfrentar desafios adversos, e a necessidade de melhorar a adaptação e o desempenho em situações difíceis.

Em contraste com sua série invicta anterior, o Flamengo terá que avaliar os erros cometidos e trabalhar para retomar o caminho das vitórias.

A equipe terá que demonstrar resiliência e capacidade de superar obstáculos para alcançar seus objetivos na competição.

O resultado contra o Bolívar levanta questões sobre a consistência e preparação do time, destacando a importância de evolução e ajustes para os próximos desafios.

FICHA TÉCNICA 

Bolívar 2×1 Flamengo

3ª Rodada do Grupo E da Conmebol Libertadores
Local: Estádio Hernando Siles – La Paz, Bolívia
Data e hora: 24/04/2024
Arbitragem: Alexis Herrera (VEN), Tulio Moreno (VEN) e Lubin Torrealba (VEN)
Gols: Francisco da Costa (1’1ºT), Viña (4’1ºT) e Bruno Sávio (16’2ºT).

Flamengo: Rossi; Wesley, Fabrício Bruno, David Luiz, Léo Ortiz (Matheus Gonçalves) e Viña; Igor Jesus, De La Cruz (Lorran) e Gerson; Victor Hugo (Luiz Araújo) e Bruno Henrique. Técnico: Tite.

Bolívar: Lampe; Saavedra (Luis Paz), Orihuela, Jesús Sagredo e José Sagredo; Justiniano, Saucedo, Ramiro Vaca e Bruno Sávio; Pato Rodríguez e Francisco da Costa.
Técnico: Flavio Robatto.

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo

Esporte

Palmeiras faz virada histórica na altitude contra Independiente Del Valle

Publicado

em

Por

O Palmeiras conquistou uma vitória emocionante contra o Independiente del Valle, de virada, por 3 a 2, em uma partida disputada pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. O jogo ocorreu no Estádio Banco Guayaquil, no Equador, com o Del Valle abrindo o placar com gols de Páez e Hoyos, mas o Alviverde reagiu com gols de Endrick, Lázaro e Luis Guilherme, garantindo a vitória.

Com esse resultado, o Palmeiras permanece na liderança do Grupo F, somando sete pontos, seguido de perto pelo Del Valle, que acumula quatro pontos.

As equipes têm confrontos marcados para o próximo dia 9 de maio, com o Palmeiras enfrentando o Liverpool no Uruguai, e o Del Valle encarando o San Lorenzo. Antes disso, o Palmeiras joga contra o São Paulo pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, enquanto o Del Valle enfrenta o Imbabura pelo Campeonato Equatoriano.

A partida foi marcada por um primeiro tempo difícil para o Palmeiras, que viu o Del Valle pressionar e abrir o placar cedo. O Alviverde reagiu no final do primeiro tempo e melhorou sua atuação no segundo tempo, conseguindo a virada no final da partida com um gol de Luis Guilherme.

No final, a vitória foi conquistada com esforço e determinação, demonstrando a força e superação da equipe. O resultado positivo mantém o Palmeiras no caminho para avançar na competição e mostra o potencial do time em competições internacionais.

FICHA TÉCNICA

DEL VALLE 2 X 3 PALMEIRAS

Local: Estádio Banco Guayaquil, no Equador
Data: 24 de abril de 2024 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Cristian Garay (CHI)
Assistentes: Jose Retamal (CHI) e Gabriel Ureta (CHI)
VAR: Fernando Vejar (CHI)
Cartões amarelos: Hoyos, Ortiz e Caicedo (Independiente del Valle); Vanderlan e Richard Ríos (Palmeiras).

GOLS:

INDEPENDIENTE DEL VALLE: Kendry Paez (aos 12 minutos do 1°T) e Hoyos (aos 38 minutos do 1°T)
PALMEIRAS: Endrick (aos 46 minutos do 1°T) , Lázaro (aos 36 minutos do 2°T) e Luís Guilherme (aos 50 minutos do 2°T)

INDEPENDIENTE DEL VALLE: Moisés Ramírez; Landázuri, Mateo Carabajal, Richard Schunke e Caicedo; Ortíz; Renato Ibarra (Kenny Arroyo), Paez, Cristian Zabala (Patrick Mercado) e Romario Ibarra (Medina); Michael Hoyos (López). Técnico: Javier Gandolfi

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan (Vanderlan) e Gustavo Gómez; Mayke (Luís Guilherme), Aníbal Moreno, Richard Ríos, Raphael Veiga (Estêvão) e Piquerez; Endrick (Lázaro) e Rony (Flaco López).
Técnico: Abel Ferreira

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo

Esporte

Athletico mantém 100% na Sul-Americana com vitória sobre Danubio

Publicado

em

Por

Um passo importante na luta pela classificação! O Athletico venceu mais uma e manteve o aproveitamento de 100% na CONMEBOL Sudamericana. Nesta quarta-feira (24), quem caiu diante do Furacão foi o Danubio, por 1 a 0, no Estadio Centenario, no Uruguai.Uma cabeçada certeira de Madson, após um belo cruzamento de Zapelli, garantiu o triunfo rubro-negro e mais três pontos na classificação.

O Rubro-Negro é o líder isolado do Grupo E, com nove pontos. Com dez gols de saldo, também é o dono da melhor campanha de toda a competição até o momento.

O próximo desafio do Athletico na CONMEBOL Sudamericana está marcado o dia 8 de maio (quarta-feira), contra o Rayo Zuliano, na Venezuela.

O Jogo

Foi um jogo de muita pegada desde o apito inicial. O Athletico tinha mais posse de bola e ia buscando espaços em meio à forte marcação uruguaia. E logo eles começaram a aparecer.

Em cruzamento de Alex Santana, Julimar cabeceou, a bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo. Depois, Zapelli arriscou deu trabalho para o goleiro, que espalmou.

Na cobrança do escanteio, aos 15′, Zapelli cruzou na área, a bola fez a curva e foi na medida para Madson. O lateral decolou em meio à defesa do Danubio e testou firme para estufar a rede.

O Athletico ainda teve mais uma boa chance na primeira etapa, em um chute de Christian, que desviou na defesa e saiu pela linha de fundo.

Na etapa final, o jogo ficou ainda mais truncado. Com a vantagem no placar, o Athletico administrou o resultado. O time da casa até esboçou uma pressão, mas em nenhum momento a vitória athleticana esteve sob risco.

Ficha técnica

Danubio 0x1 Athletico Paranaense

CONMEBOL Sudamericana 2024: Grupo E – 3ª rodada
Data: 24/04/2024 (quarta-feira)
Horário: 19h
Local: Estadio Centenario, em Montevidéu (Uruguai)

Árbitro: Kevin Ortega (Peru)
Assistentes: Stephen Atoche (Peru) e Enrique Pinto (Peru)
Quarto árbitro: Roberto Perez (Peru)
Árbitro de vídeo: Augusto Menendez (Peru)

Danubio: Goicoechea; Ancheta, Etchebarne, Fracchia e Ferreira; Romero, Pintos (Sanseviero, aos 30′ do 2º tempo), Lewis e Brazionis (Joaquín Fernández, aos 22′ do 2º tempo); Tizón (Rossi, aos 10′ do 2º tempo) e Sebastián Fernández (Silvestre, aos 30′ do 2º tempo)
Técnico: Mario Saralegui
Cartão amarelo: Joaquín Fernández

Athletico Paranaense: Bento; Madson, Kaique Rocha, Mateo Gamarra e Felipinho; Alex Santana e Christian (Marcos André, aos 47′ do 2º tempo); Canobbio (Cuello, aos 32′ do 2º tempo), Zapelli (Jader, aos 20′ do 2º tempo) e Julimar (Dudu, aos 32′ do 2º tempo); Mastiani (Renan Viana, aos 20′ do 2º tempo)
Técnico: Cuca
Gol: Madson, aos 15′ do primeiro tempo
Cartão amarelo: Julimar

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo