Mudança faz parte do programa Segurança Pública Conectada, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que investe na internet e Sejusp na aquisição de equipamentos.

Com investimento de R$ 5 milhões, AC instala internet para integrar segurança e inquéritos vão ser automatizados — Foto:internet
Por Alcinete Gadelha

O Acre está em processo de instalação de internet via satélite em todas as delegacias e quartéis da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, que deve conectar as forças de segurança do estado e vai permitir o registro de ocorrências em tempo real para a polícia por meio de documentos eletrônicos e também vai automatizar os inquéritos policiais.

A mudança faz parte do programa Segurança Pública Conectada, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que fez o investimento de R$ 5 milhões para instalação internet.

E a Sejusp faz o investimento em equipamentos, que segundo o secretário Paulo César Santos é de pelo menos R$ 20 milhões a contrapartida do estado.

“Todos os inquéritos serão automatizados e não mais no papel físico. Isso acelera o processo, facilita pesquisas e aumenta o controle. Para a segurança, tem um ganho operacional muito grande e por outro lado, no que tange o controle interno das ações, aferição de metas e eficiência da atividade policial também é um ganho excepcional”, disse o secretário.

Essa instalação em cada delegacia e quartel da PM e dos Bombeiros é para que as ações sejam automatizadas e vai funcionar dentro da plataforma do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) que gere as centrais de atendimento por meio do Procedimento Policial Eletrônico (PPE) e a Central de Atendimento e Despacho (CAD).

“A gente utiliza um sistema integrador, o Sinesp que funciona por meio dessas duas plataformas, o CAD que é referente ao atendimento de ocorrências policiais e a outra chamada de PPE que gerencia os autos de prisão em flagrante e inquéritos policias realizados pela polícia Civil. São sistemas automatizados”, complementa o secretário.

Programa é instalado em delegacias da Polícia Civil e quartéis da PM e Bombeiros no Acre — Foto: Agência de Notícias do Acre

Instalação

Santos disse que o programa vai atender todos os municípios do estado. A instalação nas delegacias já está em fase de conclusão e na próxima semana deve iniciar nos quartéis tanto da capital Rio Branco quanto do interior.

Entre as vantagens o secretário tornou a destacar que tanto a segurança como a população são beneficiadas com a mudança.

“Diretamente a população é a maior beneficiada. Se ele for atendido na rua por um policial ele já sai com a cópia do boletim, número da ocorrência e pode acompanhar depois o andamento da investigação. Detalhe [para a polícia] é o cruzamento de dados”, pontuou.

A internet por meio de satélite deve suprir a deficiência do estado, conforme pontuou Santos. “Como temos muita queda de internet e essa internet é satélite, não depende de rede, ela vem pra suprir essa deficiência.”

_______________

O valor investido pelo Ministério é executado para a instalação da internet que é feita pelo próprio ministério, já a Sejusp atua com a aquisição de servidores de convergência, computadores, Scanner para digitalizar os inquéritos.

_______________

“É uma cooperação porque nós tivemos que fazer uma série de investimentos. A União entrar com desenvolvimento e parceria da plataforma e instalação da internet. Toda a estrutura para implantar é nossa, computadores, tecnologia embarcada que vai nas viaturas é nosso também. O nosso aqui se aproxima de R$ 20 milhões.”

Além disso, o secretário disse que a medida ainda reforça ações do programa chamado vigia, que possibilita que a Segurança estude e demande ainda ações semanais na faixa de fronteira do estado, com a transmissão de imagens e informações.

“Olha só, esse sistema num primeiro momento trata apenas de informações, mas também vai trafegar imagem e toda informação de conhecimento para a segurança irá navegar nessa rede de intranet”, concluiu.

Comentários