Alexandre Lima

Bastou uma chuva para anunciar os velhos problemas na fronteira do Acre. Nesta segunda-feira, dia 19, bastou o vento chegar anunciando de que iria chover, que os serviços de comunicação e energia começaram a mostrar problemas. A chuva desta segunda, afetou também, os celulares da Vivo e as agencias bancarias.

Alguns pontos das cidades de Brasiléia e Epitaciolândia apresentaram problemas, ficando sem energia e consequentemente, sem telefonia celular e internet. Mesmo no período do verão, como já foi denunciado outras vezes, as quedas eram constantes.

Sem qualquer tipo de fiscalização por parte dos órgãos competentes, a regional do Alto Acre sofre com os serviços que teimam em ser suspensos, caso as faturas não sejam pagas no tempo devido, mesmo que os mesmos faltem pela incompetência das empresas que as administram.

Com a certeza da impunidade no Estado, os consumidores são obrigados a esperar a normalização sem que sejam indenizados pelos maus serviços.

Até o fechamento desta nota (18h39), a internet da Oi e Vivo não haviam normalizados.

 

Comentários