fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

Caixa paga Bolsa Família com novo adicional de R$ 50 a NIS de final 4

Publicado

em

Famílias com gestantes e filhos de 7 a 18 anos recebem acréscimo

 

A Caixa Econômica Federal paga nesta quinta-feira (22) a parcela de junho do novo Bolsa Família aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 4. Essa será a primeira parcela com o novo adicional de R$ 50 a famílias com gestantes e filhos de 7 a 18 anos de idade.

Desde março, o Bolsa Família paga outro adicional, de R$ 150, a famílias com crianças de até 6 anos de idade. Dessa forma, o valor total do benefício poderá chegar a R$ 900 para quem cumpre os requisitos para receber os dois adicionais.

O valor mínimo corresponde a R$ 600, mas com o novo adicional o valor médio do benefício sobe para R$ 705,40, o maior da história do programa. Segundo o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, neste mês o programa de transferência de renda do governo federal alcançará 21,2 milhões de famílias, com um gasto de R$ 14,97 bilhões.

Desde o início do ano, o programa social voltou a chamar-se Bolsa Família. O valor mínimo de R$ 600 foi garantido após a aprovação da Emenda Constitucional da Transição, que permitiu o gasto de até R$ 145 bilhões fora do teto de gastos neste ano, dos quais R$ 70 bilhões estão destinados a custear o benefício.

O pagamento do adicional de R$ 150 começou em março, após o governo fazer um pente-fino no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), para eliminar fraudes. Segundo o balanço mais recente, divulgado em abril, cerca de 2,7 milhões de indivíduos com inconsistências no cadastro tiveram o benefício cortado.

Apesar do corte, foi concedido um prazo de 60 dias para que cerca de 1,2 milhão de pessoas que se cadastraram como de famílias unipessoais no segundo semestre do ano passado regularizem a situação e comprovem os requisitos para retornar ao programa. A principal regra é que a família tenha renda mensal de até R$ 218 por pessoa, conta obtida ao dividir a renda total pelo número de integrantes da família.

Outra novidade incorporada ao Bolsa Família em junho é o início da regra de proteção. Mesmo conseguindo um emprego e melhorando a renda, a nova regra permite que a família permaneça no programa por até dois anos, desde que cada integrante receba o equivalente a até meio salário mínimo. Nesse caso, a família passa a receber 50% do valor do benefício a que teria direito.

No modelo tradicional do Bolsa Família, o pagamento ocorre nos últimos dez dias úteis de cada mês. O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas no aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Calendário do Bolsa Família
Calendário do Bolsa Família – Fonte: Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome

Auxílio Gás

O Auxílio Gás também será pago nesta quinta-feira às famílias cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com NIS final 4. Com valor de R$ 109 em junho, o benefício segue o calendário do Bolsa Família. O montante caiu em relação a abril por causa das reduções recentes no preço do botijão.

Com duração prevista até o fim de 2026, o programa beneficia 5,62 milhões de famílias neste mês. Com a aprovação da Emenda Constitucional da Transição e da medida provisória do Novo Bolsa Família, o benefício foi mantido em 100% do preço médio do botijão de 13 kg até o fim do ano.

Só pode receber o Auxílio Gás quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Policial Civil do Acre representa o Brasil em competição internacional e conquista quatro medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americano Master 2024

Publicado

em

Juriel ingressou na Polícia Civil do Acre aos 18 anos, em 2002, no primeiro curso integrado da instituição. Naquela época, já praticava atletismo de forma amadora, mas sem patrocínio e com recursos limitados.

Com assessoria

O Policial Civil e atleta, Juriel Maia, trouxe orgulho ao Brasil ao se destacar no atletismo master dos Jogos Pan-Americano Master 2024. A competição, realizada no início de julho na cidade de Cleveland, Ohio, viu Juriel conquistar quatro medalhas de ouro em diferentes provas.

Juriel Maia brilhou nas pistas, faturando ouro nas provas de 100 metros, 200 metros, 400 metros e no revezamento 4×100 metros. Com uma performance impecável, ele cruzou a linha de chegada em primeiro lugar em todas essas competições, demonstrando sua excelência e dedicação ao esporte.

No Pan-Americano Master 2024, Juriel Maia competiu com atletas de renome mundial e alcançou a vitória nas quatro provassem que disputou. “Não foi apenas o ouro que trouxe para meu país, foi também a superação de tudo que passei em minha vida como atleta e profissional. Essas medalhas são a coroação de ser atleta e policial civil, pois são duas paixões que tenho em minha vida”, declarou Juriel.

Juriel ingressou na Polícia Civil do Acre aos 18 anos, em 2002, no primeiro curso integrado da instituição. Naquela época, já praticava atletismo de forma amadora, mas sem patrocínio e com recursos limitados. Apesar das dificuldades, sempre sonhou em se tornar um atleta de alto nível. Graduado em Educação Física e Direito, ele dedicou-se ao trabalho e aos estudos, afastando-se temporariamente do atletismo.

O delegado-geral da Polícia Civil do Acre, Dr. Henrique Maciel, expressou seu orgulho: “É com muita altivez que recebemos a notícia de que um dos nossos policiais se destacou na área do esporte, ainda mais representando o país, nosso estado e a instituição de que faz parte. Parabenizo ao Juriel Maia, que enche a instituição de orgulho por saber que temos um atleta de alto nível faturando ouro em competições internacionais”, enfatizou.

Trajetória de Superação

Retornando aos treinos em 2007, Juriel participou de várias competições, inclusive tentando uma vaga nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro. Em 2012, junto com amigos, montou uma equipe de revezamento que conquistou o bicampeonato nacional dos Jogos do SESI em 2013 e 2014. Em 2015, visando as Olimpíadas, intensificou seus treinamentos e, em 2016, foi convidado a elaborar um projeto para a utilização da pista de corrida da Universidade Federal do Acre (UFAC), onde auxiliou no treinamento de outros atletas e aperfeiçoou suas próprias habilidades.

Em 2017, uma lesão o afastou das pistas por um ano, mas a persistência de Juriel o trouxe de volta ao esporte em 2023, participando e alcançando pódios no Campeonato Carioca e no Campeonato Brasileiro. Em 2024, já recuperado, ele ajustou seus treinamentos para evitar novas lesões e brilhou em competições nacionais como o Troféu Norte e Nordeste e a Copa do Brasil de Atletismo, vencendo todas as provas de 100, 200 e 400 metros e quebrando recordes.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Polícia Militar apreende submetralhadora e munições na Cidade do Povo

Publicado

em

Na noite desta terça-feira, 23, uma guarnição do 2º Batalhão da Polícia Militar do Acre (PMAC) apreendeu uma submetralhadora durante patrulhamento preventivo no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em uma região conhecida pela atuação de facções criminosas que frequentemente realizam atividades ilícitas, incluindo o tráfico de drogas.

Os militares patrulhavam nas imediações quando visualizaram um grupo de indivíduos aglomerados à margem da via. Ao perceberem a presença da viatura, os suspeitos dispersaram em diferentes direções. Um dos indivíduos para uma residência abandonada e, após pular o muro de outra casa, conseguiu escapar.

Ao realizar buscas na residência abandonada, a equipe encontrou a arma pronta para uso, com uma munição na câmara e um carregador contendo 30 munições intactas. Os policiais realizaram buscas nos arredores na tentativa de capturar o suspeito, mas não tiveram sucesso. A arma foi apreendida e encaminhada à Delegacia de Flagrantes (Defla) para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Grêmio Xapuriense vence o São Francisco e conquista título inédito

Publicado

em

Foto Clemerson Ribeiro: Meninas do Alto Acre e da Bolívia na comemoração oficial

O Grêmio Xapuriense venceu o São Francisco por 6 a 3 nesta quarta, 24, no Florestão, e conquistou de maneira inédita o título do Campeonato Estadual Feminino Sub-17. Os gols do título foram marcados por Thaeme (2), Vilmara, Pec, Kecia e Rosshy enquanto Bruna (2) e Luana anotaram para São Francisco.

Virada no 1º tempo

O São Francisco abriu 2 a 0 no placar no início do primeiro tempo, mas a maior qualidade técnica do Grêmio Xapuriense foi decisiva e a equipe do interior foi para o intervalo vencendo por 4 a 2.

Na segunda etapa, a equipe de Xapuri confirmou a conquista do campeonato.

Bruna é destaque

O meia/atacante Bruna, do São Francisco, um dos destaques do torneio admitiu a superioridade do Grêmio Xapuriense.

“Elas (Grêmio Xapuriense) tiveram mais vontade e o título foi merecido”, afirmou Bruna.

Primeira conquista

O técnico Thiago Luiz comemorou a conquista do título e espera um futebol forte na região do Alto Acre.

“Temos uma região com grandes atletas em várias modalidades e podemos fazer mais. A conquista deste título é importante e as atletas merecem todos os méritos”, disse o treinador do Grêmio Xapuriense.

Foto Jhon Dilva: A boliviana Pec foi um dos destaques do título do Grêmio Xapuriense

Comentários

Continue lendo