Na tarde segunda-feira, 23, servidores da unidade de saúde do Bairro Cruzeirinho foram rendidos e roubados por dois indivíduos armados. O caso chama a atenção para a vulnerabilidade da segurança nas instituições de saúde.

As câmeras de segurança do posto mostram os dois suspeitos entrando na Unidade. Um fica no balcão aonde apontou uma arma, e o outro entra e rende outras servidoras. Cinco servidores trabalhavam no dia, dentre eles, um médico que não foi visto pelos ladrões. Eles levaram quatro celulares, relógios, além de joias das funcionárias. A coordenadora do posto afirma que todos estão com medo de trabalhar e que espera uma providência para a segurança nas Unidades.

“ Esse fato já ocorreu em outras unidades de saúde. Não assalto a mão armada como foi ontem aqui, mas várias arrombamentos e furtos. As câmeras não são o suficiente. Todos os funcionários estão assustados”, falou a coordenadora Silvia de Oliveira.

As imagens foram levadas para a delegacia, e um boletim de ocorrência foi registrado. Vários outras unidades de saúde estão sendo vítimas de furtos e roubos, como o posto do bairro do Formoso.

“Até onze horas a gente fica tranquila. Mas depois disso a gente fica apreensiva, a gente fecha a posta porque ficam só duas pessoas”, contou a enfermeira Rosângela Maria.

O delegado Lindomar Ventura disse que além da investigação, o problema envolve medidas por falta dos gestores municipais para melhorar a segurança.

juruaonline.net

 

Comentários