Na operação que prendeu os quatro suspeitos, polícia apreendeu armas e munições em Rio Branco — Foto: Arquivo/PC-AC
Por Iryá Rodrigues

Após pouco mais de três meses de investigações, a Polícia Civil prendeu quatro suspeitos de envolvimento em um duplo homicídio ocorrido no último dia 23 de abril no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco. A prisão ocorreu ontem terça-feira (28) no mesmo bairro.

Além dos quatro mandados de prisão, foram cumpridos mandados de busca e apreensão e a polícia acabou apreendendo duas armas de fogo e munições e celulares.

Emilly das Neves dos Santos foi encontrada por populares já sem vida e Francisco Saraiva Vasconcelos ainda chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o pronto-socorro da capital. Mas, também não resistiu e morreu no hospital.

“Nós estávamos investigando e conseguimos levantar o nome de pessoas envolvidas. De acordo com as investigações, representamos pela prisão temporária dos mesmos, foi deferida e demos cumprimento a essas prisões. Também cumprimos buscas, apreendemos duas armas de fogo e agora vamos passar para fase de interrogatório dessas pessoas para ver se conseguimos esclarecer como que se deu o crime”, disse o delegado.

A motivação do crime, segundo o delegado, seria que o casal teria saído de uma facção criminosa e entrado em outra rival. Porém, em determinado momento, os dois resolveram retornar à antiga facção e, por “vingança” foram assassinados.

Comentários