Foto de Sérgio Vale

Divulgado na última sexta-feira, 23, o novo Boletim InfoGripe da Fiocruz mostra que os casos notificados de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e de Covid-19 no país, independentemente da presença de febre, mantêm sinal de queda, embora em ritmo mais lento.

No entanto, todas as regiões brasileiras ainda encontram-se na zona de risco e com ocorrências semanais muito altas, exceto a região Sul, que apresenta sinal epidêmico. Entre os resultados positivos para os vírus respiratórios, cerca 97,7% são em consequência do novo coronavírus.

Referente à Semana Epidemiológica 42, que abrange o período de 11 a 17 de novembro, a análise tem como base os dados inseridos no Sistema de Informação e Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até o dia 20 de novembro. Essa análise mostra que no Acre a tendência é de ´estabilidade´ ou ´oscilação´.

Já os dados do Consórcio de Empresas de Comunicação, que tratam apenas da Covid-19, mostram que no Acre os casos novos e óbitos estão em desaceleração.

Comentários