O comando do 5º Batalhão da Polícia Militar, sob o comando da Major Ana Cássia, vem trabalhando para manter a ordem pública nas cidades da regional do Alto Acre, principalmente nas cidades de Brasiléia e Epitaciolândia, localizadas na fronteira com a Bolívia.

Nos últimos dias, o Comando passou a receber muitas reclamações de pessoas que vem utilizando espaços públicos para a pratica de perturbação da ordem pública. Como todos sabem, mas alguns não respeitam, existem leis que proíbem e coíbem a perturbação após as 22 horas.

Na maioria, o consumo de álcool e som alto, as vezes acabam em desordem e até brigas, além da sujeira deixada nos locais. Em alguns dos casos, foram registradas agressões graves seguida de tentativa de homicídio.

Em outros, ao serem notificados que não poderiam estar no local com o som alto, partem para agressões verbais e ameaças contra os policiais, acabando em detenções por desacato, desordem e outros previsto no Código Penal Brasileiro.

Os locais públicos e bairros vem sendo mapeados e monitorados. Ações serão realizadas pelo um grupo criado para essas situações. Neste final de semana, um caso atípico foi registrado na Delegacia de Polícia de Brasiléia, quando um veículo de origem boliviana e sem placa, foi detido pela guarnição junto com os ocupantes.

Comentários