A formatura aconteceu no auditório do Centro de Educação Permanente – CEDUP, localizado no centro da cidade de Brasiléia, onde 20 novos policiais militares que fazem parte do 5º Batalhão da Polícia Militar do Acre, receberam suas novas divisas.

Forma cerca de 60 dias de formação, onde receberam treinamentos tanto na prática e teórica, quanto como na área virtual pelo EAD, onde puderam receber conhecimentos em diversas áreas. Instrutores vieram da Capital com conhecimentos na área de direito, treinos práticos de defesa, tiro, armamentos e entre elas, sobrevivência policial, aspectos jurídicos da atuação policial e ética e serviço público.

Comandante do 5º Batalhão do Alto Acre, Major Ana Cássia, esteve na coordenação dos novos cabos da Polícia Militar.

O curso foi coordenado pela Major Ana Cássia, com apoio do Tenente Sérgio Wilson, juntamente com o auxiliar de instrução e organização, subtenente William. Segundo a comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar localizado em Brasiléia, é um novo ciclo com novos cabos que almejam melhorar a cada dia na corporação.

Na mesma semana, o governo do Acre formou na Capital acreana, promoveu 172 policiais militares à graduação de cabo em solenidade tradicional, onde contou com a presença do vice-governador, Major Rocha e do coronel Paulo César Gomes, comandante-geral da PMAC, onde afirma que a instituição procura aprimorar e aperfeiçoar cada vez mais o seu efetivo. “Temos outros cursos previstos para o próximo ano, como o de Habilitação de Oficiais (Choa) e o de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS). Agradeço o empenho de todos no desempenho de nossa função e parabenizo todos os promovidos”, observa.

Major Ana Cássia vem destacando que o 5º Batalhão, tem como objetivo o bem-estar do cidadão e com esses cursos e promoções, quem ganha são os munícipes, pois, os militares estarão motivados e aptos no seu trabalho no dia-a-dia.

Segundo o comandante geral da Polícia Militar do Acre, coronel Paulo César Gomes, outros cursos previstos para o próximo ano, como o de Habilitação de Oficiais (Choa) e o de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS).

 

 

 

Comentários