O líder do governo voltou a afirmar da tribuna da Casa que, caso o requerimento da CPI chegue ao plenário para votação, a base governista votará favorável

Gina Menezes, da ContilNet Notícias

O líder do PSDB na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Gonzaga, protocolou na manhã desta terça-feira (19), junto à Mesa Diretora da Casa, o requerimento solicitando a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias de malversação no uso dos recursos nas obras da BR-364.

Deputado Jairo Carvalho foi o último oposicionista a assinar o pedido de CPI
Deputado Jairo Carvalho foi o último oposicionista a assinar o pedido de CPI

Gonzaga protocolou o documento logo após conseguir a última assinatura do bloco de oposição. O deputado Jairo Carvalho (PSD), que até a semana passada se recusava a assinar o documento, voltou atrás, e integrou o grupo dos que desejam que a CPI saia do papel.

“Tinha gente achando que não iriamos conseguir as oito assinaturas, mas acabamos de protocolar o documento. A sociedade acreana deseja saber onde foi parar todo o dinheiro que veio para as obras da BR-364, que continua toda esburacada “, diz o tucano.

Jairo Carvalho, o último a assinar o documento, afirmou que tomou a decisão após pressão popular e indicação da direção do partido dele. “As pessoas na rua me perguntavam por que não tinha assinado, eu pensei bastante e decidi apoiar a instauração desta CPI “, diz.

Outro deputado oposicionista que comemorou o fato do requerimento ter sido protocolado, Ghelen Diniz (PP), afirmou que a sociedade acreana deseja saber onde foi parar a quantia de R$ 2 milhões que foram destinados para a recuperação da rodovia.

O líder do governo na Aleac, Daniel Zen (PT), voltou a afirmar da tribuna da Casa que, caso o requerimento da CPI chegue ao plenário para votação, a base governista votará favorável desde que sejam investigados todos os governos, e não apenas os petistas.

Comentários