Governador do Acre, Sebastião Viana (PT) – Foto: Alexandre Lima

Onze governadores do Nordeste, Minas Gerais e Acre, decidiram publicar uma carta condenando a postura do juiz Sérgio Moro de impedir o cumprimento da decisão do desembargador Rogério Favrero, superior hierarquicamente a ele, para soltar o ex-presidente Lula. Na Carta, eles também protestam contra a pressa do desembargador Carlos Flores para rever a soltura e consideram o Judiciário agindo parcialmente.

“Na manhã de hoje (domingo), o povo brasileiro recebia a auspiciosa notícia da libertação do presidente Lula. O Desembargador competente para apreciar liminares durante o plantão reconduzia o Brasil à senda da legalidade democrática e respondia às aspirações nacionais de reconstitucionalização do país” diz um trecho da carta.

Em relação a onda de assassinatos e tentativas de homicídios ocorridos durante o final de semana no Acre, onde pelo menos 5 pessoas foram mortas e outras 10 feridas por disparos de arma de fogo, o governador Tião Viana ainda não se manifestou sobre o assunto.

Confira a íntegra da Carta de protesto assinada pelos 11 governadores – Clique aqui

Comentários