O ex-deputado Moisés Diniz, atual Secretário de educação de Rio Branco, e o ex-presidente da Assembleia Legislativa, Ney Amorim, engrossarão as fileiras do Partido Progressista. A informação foi confirmada por dirigentes do PP e pelo próprio ex-comunista Moisés Diniz. Amorim não foi localizado para confirmar a sua filiação.

Ao ac24horas, Diniz diz que foi convida pela cúpula progressista e pessoalmente pelo governador Gladson Cameli, pela senadora Mailza Gomes e pelos deputados Gerlen Diniz e Nicolau Júnior. O Cacique, como é mais conhecido, diz que saiu pela porta da frente do PCdoB, onde militou por mais de 3 décadas.

“Sai pela porta da frente. Todos lá são meus amigos. Tenho todos no meu coração, mas tenho uma missão aqui”, disse Moisés ressaltando que não será candidato nas eleições de 2020, mas que fica a disposição do partido.

Já Ney Amorim teria se filiado dias antes de sua quarta filha nascer. Ele teria sido visto no Palácio Rio Branco antes da Pandemia do coronavírus.

Comentários