fbpx
Conecte-se conosco

Brasil

Lula recebe apoio do PDT e do Cidadania para o segundo turno; Bolsonaro é escolhido por Moro, Zema e Castro

Publicado

em

Esta terça-feira (4), dois dias após a votação do 1º turno, tem sido de intensas movimentações das forças políticas sobre os alinhamentos para o 2º turno da eleição presidencial. O candidato do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, recebeu o apoio formal do PDT e do Cidadania. O presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, foi escolhido pelo senador eleito Sergio Moro (União) e pelos governadores reeleitos Romeu Zema (Novo-MG) e Cláudio Castro (PL-RJ).

O ex-presidente Lula (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) vão disputar o segundo turno das eleições. Lula recebeu 57,2 milhões de votos (48,4%), e Bolsonaro, 51,07 milhões de votos (43,2%).

Ainda está prevista para a tarde reunião da executiva nacional do PSDB, que no primeiro turno estava na campanha de Simone Tebet (MDB).

PDT anuncia apoio à candidatura de Lula no 2º turno

O anúncio do PDT veio após reunião da Executiva do partido no final da manhã desta terça. No primeiro turno, o PDT teve o ex-governador do Ceará Ciro Gomes como candidato à Presidência da República. Ele ficou em quarto lugar, com 3,5 milhões de votos (3%).

“Uma hora e meia de reunião com toda a Executiva Nacional do partido, mais os presidentes estaduais, os presidentes de movimentos, os deputados federais de mandato, senadores. E tomamos uma decisão unânime, sem nenhum voto contrário, a decisão de apoiar o mais próximo da gente, que é a candidatura do Lula”, afirmou o presidente do PDT, Carlos Lupi.

“Bolsonaro, na nossa opinião, representa o atraso do atraso do atraso desse país, um aspirante a ditador, malversador do dinheiro público, um homem da falsa fé cristã”, disse Lupi. “Nosso trabalho para derrotar Bolsonaro tem que ser a prioridade absoluta. Derrotar Bolsonaro é uma causa nacional, uma causa da pátria, uma causa dos democratas”, completou.

A decisão do Cidadania de apoiar o candidato petista foi tomada em uma reunião da Executiva do partido

“Decidiu pelo apoio ao candidato do PT no segundo turno. Uma decisão que foi quase por unanimidade. Tivemos 3 votos defendendo neutralidade. Unanimidade contra Bolsonaro”, declarou Roberto Freire, presidente da legenda.

Freire já havia declarado apoio pessoal à Lula na última segunda-feira (3).

No Twitter, Moro disse que Lula não é uma opção e que o governo do petista foi marcado pela corrupção.

“Contra o projeto de poder do PT, declaro, no segundo turno, o apoio para Bolsonaro”, publicou Moro.

Romeu Zema (Novo) anuncia apoio a Bolsonaro no 2º turno

Romeu Zema, reeleito em primeiro turno com 56,18% dos votos válidos, anunciou o apoio a Bolsonaro após uma reunião com o presidente no Palácio da Alvorada, em Brasília. Braga Netto, candidato a vice na chapa do PL, também participou do encontro.

“Não poderia também deixar neste momento de estarmos aqui, colocando as nossas divergências de lado, eu sempre dialoguei com o presidente Bolsonaro. Sabemos que em muitas coisas convergirmos e em outras, não. Mas é o momento em que o Brasil precisa caminhar para frente, e eu acredito muito mais na proposta do presidente Bolsonaro do que na proposta do adversário [Lula]”, afirmou Zema

Ele declarou ter herdado uma “tragédia” do governo petista de Fernando Pimentel em Minas Gerais e que esse foi um dos motivos que o levou a Brasília para declarar apoio ao candidato do PL.

Castro também teve uma reunião com Bolsonaro nesta manhã, no Palácio do Planalto, em Brasília. Depois, eles deram uma rápida entrevista coletiva para a imprensa.

“Eu, como sou do partido do presidente, sou apoiador do presidente. Não tinha como não vir aqui e me esforçar muito para que o Rio seja a capital da vitória do presidente Bolsonaro”, disse o governador, ao lado de Bolsonaro.

Comentários

Continue lendo

Brasil

Detran interdita a marginal da Via JK para corrida neste domingo (26)

Publicado

em

Por

Detran interdita a marginal da Via JK para corrida neste domingo (26)
Agência Brasília

Detran interdita a marginal da Via JK para corrida neste domingo (26)

Na manhã deste domingo (26), o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) vai interditar a marginal da Via JK, das 6h30 às 9h, em razão da corrida Flower Run , que será realizada na Orla da Ponte JK, com largada prevista para as 7h, em frente ao Bar Mormaii.

Os atletas percorrerão 5 km, seguindo pela Orla da Ponte JK, na contramão da marginal da via JK, via do SCES trecho 2 e Ciclovia do SCES trecho 2. As vias de acesso à corrida serão totalmente fechadas a partir das 6h30, permitindo o acesso somente aos atletas e organizadores do evento.

O Detran-DF implantará dois pontos de controle de trânsito (PCTran) no SCES Trecho 2: um na altura da alça de acesso à via JK e outro na altura do Clube de Golf. Além da sinalização dos trechos interditados, os agentes farão o controle do tráfego e orientarão os condutores a fim de dar fluidez ao trânsito sem comprometer a segurança viária.

The post Detran interdita a marginal da Via JK para corrida neste domingo (26) first appeared on GPS Brasília – Portal de Notícias do DF .

Fonte: Nacional

Comentários

Continue lendo

Brasil

Avião histórico da Segunda Guerra cai na Inglaterra e mata piloto

Publicado

em

Por

Avião histórico da Segunda Guerra cai na Inglaterra e mata piloto
ESTADÃO CONTEÚDO

Avião histórico da Segunda Guerra cai na Inglaterra e mata piloto

Um avião de caça Spitfire do período da Segunda Guerra Mundial caiu perto de uma base da Força Aérea Britânica, no leste da Inglaterra, neste sábado (25), matando o piloto, informou o Ministério da Defesa do Reino Unido. A pasta confirmou a morte de um piloto da Royal Air Force (RAF) “em um trágico acidente” que ocorreu próximo da base aérea de Coningsby.

Não houve informações imediatas sobre a causa do acidente. A base, a cerca de 230 km ao norte de Londres, abriga tanto jatos de combate modernos quanto o Battle of Britain Memorial Flight, uma coleção de aviões de caça e bombardeiros da época da Segunda Guerra que participam de shows aéreos e exibições comemorativas. Vários dos aviões deveriam realizar um espetáculo aéreo neste sábado no Lincolnshire Aviation Heritage Center, nas proximidades.

A Polícia de Lincolnshire disse que os serviços de emergência foram chamados à tarde após os relatos de que um avião havia caído em um campo em Coningsby. A força policial disse acreditar que havia apenas um ocupante e ninguém mais teria se envolvido no incidente.

O acidente ocorreu dias antes de aeronaves clássicas tomarem os céus para celebrar o 80º aniversário do Dia-D, a invasão aliada da Normandia em 6 de junho de 1944. Mais de 20 mil Spitfires foram construídos nos anos 1930 e 1940. O ágil e manobrável avião desempenhou um papel-chave na defesa do Reino Unido contra ataques da Luftwaffe alemã durante a Batalha da Grã-Bretanha em 1940.

Na época, o então primeiro-ministro britânico, Winston Churchill, prestou uma homenagem aos aviadores da batalha que se tornou famosa: “Nunca, no campo do conflito humano, tanto foi devido por tantos a tão poucos” . Atualmente, há apenas algumas dezenas de Spitfires em condições de voo, incluindo seis que pertencem ao Battle of Britain Memorial Flight. (Fonte: Associated Press)

The post Avião histórico da Segunda Guerra cai na Inglaterra e mata piloto first appeared on GPS Brasília – Portal de Notícias do DF .

Fonte: Nacional

Comentários

Continue lendo

Brasil

Pilotos da Haas vão largar dos boxes no GP de Mônaco da Fórmula 1

Publicado

em

Por

Pilotos da Haas vão largar dos boxes no GP de Mônaco da Fórmula 1
ESTADÃO CONTEÚDO

Pilotos da Haas vão largar dos boxes no GP de Mônaco da Fórmula 1

A equipe Haas foi reprovada na inspeção técnica da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), ao fim do treino classificatório do GP de Mônaco de Fórmula 1, neste sábado (25). A decisão fará os pilotos da equipe, o alemão Nico Hülkenberg e o dinamarquês Kevin Magnussen, largarem dos boxes no domingo (26).

De acordo com a FIA, havia irregularidades nas asas traseiras de ambos os carros do time americano. A Haas confirmou a constatação de uma “falha técnica” nos monopostos. Como consequência, a FIA desclassificou os dois pilotos no treino classificatório. Daí a necessidade de partirem dos boxes no GP disputado nas ruas de Montecarlo. Assim, Hülkenberg e Magnussen perderam o 12º e o 15º lugares obtidos no treino classificatório.

A punição favoreceu diretamente os rivais, que conquistaram até duas posições no grid deste domingo. O australiano Daniel Ricciardo, o canadense Lance Stroll e o espanhol Fernando Alonso galgaram uma colocação cada no grid , enquanto o americano Logan Sargeant, o mexicano Sergio Pérez, o finlandês Valtteri Bottas e o chinês Guanyu Zhou subiram dois postos.

O tradicional GP de Mônaco tem largada marcada para as 10h deste domingo. No “quintal de casa”, o monegasco Charles Leclerc quebrou a sequência de poles consecutivas de Max Verstappen e cravou a volta mais rápida do treino classificatório. O piloto da Ferrari revelou estar sentindo uma “sensação especial” e garantiu grandes coisas na corrida.

“Estou muito feliz com a volta, com a emoção lá no alto. A sensação é excelente, tudo muito especial. Posso conseguir grandes coisas e a vitória é o objetivo. Preciso de uma boa largada e quando fizermos isso, espero que Carlos Sainz possa me seguir. No passado não conseguimos isso, mas temos a certeza que somos um time mais forte” , afirmou.

Mencionado por Leclerc, Sainz largará na terceira posição, atrás também de Oscar Piastri, da McLaren. Max Verstappen sairá do sexto lugar, tendo os pilotos da Mercedes – George Russell e Lewis Hamilton , à sua frente.

“Agora eu sei, com mais experiência do que nunca, que a classificação por mais que ajude, não garante um triunfo. O cenário está perfeito, mas aconteça o que acontecer, precisamos trazer essa vitória para casa” , completou Leclerc, que teve o discurso otimista acompanhado por seu companheiro de equipe.

O espanhol revelou que a Ferrari jogará em equipe em Mônaco. “É Mônaco. Tudo pode acontecer e vamos dar o nosso melhor. A prioridade será vencer com Charles amanhã (domingo)” , disse.

“Acho que, no geral, foi uma melhoria para mim, já que estive sofrendo durante todo o fim de semana com a confiança para me sentir melhor dentro do carro. Então, no geral, dar o máximo e largar em terceiro é um passo na direção certa. Não estou totalmente feliz porque gostaria de estar brigando pela pole, mas Charles tem feito um trabalho incrível. O carro também esteve muito bom durante todo o fim de semana e ele conseguiu extrair o máximo, então estou feliz por ele” , disse.

The post Pilotos da Haas vão largar dos boxes no GP de Mônaco da Fórmula 1 first appeared on GPS Brasília – Portal de Notícias do DF .

Fonte: Nacional

Comentários

Continue lendo